Uma bolota molenga e feliz - Sarah Andersen

Oi vocês,

Já falei aqui o quanto eu gosto dos quadrinhos da Sarah Andersen e hoje venho falar o que eu achei o segundo livro da autora, lançado pela Editora Seguinte.


Título Original: Big Mushy Happy Lump
Autora: Sarah Andersen
Páginas: 136
Editora: Seguinte
Sinopse: As incríveis tirinhas de Sarah Andersen são para nós, que não economizamos dinheiro na livraria, vivemos à base de café, deixamos tudo para a última hora, somos especialistas em roubar o blusão alheio, não sabemos nos comportar em situações sociais e insistimos em Pensar Demais. Esta segunda coletânea continua exatamente onde a primeira parou: debaixo de uma pilha de cobertas, evitando as responsabilidades do mundo real. Este volume traz tiras que acompanham os altos e baixos da montanha-russa implacável que é o começo da vida adulta, além de ensaios ilustrados sobre experiências pessoais da autora ligadas a ansiedade, carreira, relacionamentos e amor por gatinhos. Tudo isso com o mesmo tom sincero, leve e divertido que já conquistou mais de 2 milhões de fãs no Facebook.




Seguindo a linha do primeiro livro (Ninguém Vira Adulto de Verdade), Uma Bolota Molenga e Feliz também traz uma coletânea de quadrinhos onde Sarah retrata a expectativa e realidade dos Millennials. 



Com seu bom humor e talento, a autora fala sobre relacionamentos, expectativas em arrumar um emprego e dos altos e baixos que nós passamos ao nos tornarmos adultos.
Eu acho engraçado que por muitas vezes eu pedia para envelhecer logo. Sonhava em ser adulta e hoje eu percebo que não sei quase nada o que estou fazendo. Eu simplesmente faço e depois tento entender o que aconteceu. Com vocês também é assim? 



O diferencial dessa obra é que além das ilustrações, Sarah conversa com o leitor. Ela explica como se tornou uma ladra de casacos e fala sobre suas crises de ansiedade e depressão. Nós sabemos como os problemas de saúde mental vem atingindo cada vez mais os jovens e acho que é muito importante que pessoas que possuem qualquer tipo de transtorno mental falem sobre seus sentimentos e o que fazem para lidar com eles. Acredito que assim nós conseguimos ajudar outras pessoas que sofram com os mesmos problemas.
É muito fácil se identificar com Sarah e sua arte e eu que já acompanhava pelo Facebook fiquei encantada com suas obras. Espero que a Seguinte lance mais coletâneas e traga a autora para o Brasil. Seria muito bacana. Leitura aconselhada.


Beijinhos,

11 comentários

  1. Oi Ani,
    Queria muito ler essa série, parece tão amorzinho.
    E olha que ler HQs é bem difícil para mim, mas essas me empolgam.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto muito quando o autor rompe a barreira da ficção e entra num diálogo com o leitor. Nesse momento ele abre um círculo que só é possível na literatura. Nos demais veículos, excetuando o teatro, fica, no mínimo, estranho. Onde melhor cabe isso é na literatura mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Também adoro quadrinhos. Já ouvi falar desse, mas não tive oportunidade de ler ainda. Adorei a resenha, é bom saber que o autor tem uma pegada como se estivesse conversando com o leitor. Sem dúvidas isso torna a leitura mais íntima e prazerosa.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  4. |Não é o tipo de livro que me atraia em ler, mas sempre que leio eu adoro e me divirto, deveria começar a ler mais né? rs
    adorei ver suas impressões deste aqui, eu já tinha visto a capa por ai mas não tinha visto ninguém falar dele ainda.

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oiee. Eu amei sua resenha. Sou louca de paixão para ler os livros da Sarah porque amo suas tirinhas. Acho bacana ela trazer o dia-a-dia que não deve ser nada fácil de modo tão divertido. Mas principalmente dela conversar com o leitor desta forma. Amei o post.
    Beijos.

    Blog: fanficcao.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia o livro e que nunca li nenhum livro dela... Enfim, mas acho ótimo que tenhas gostado!

    O que mais me chamou a atenção foi essa conversa estabelecida com o leitor! Gostei!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Ani
    Eu adoro HQs e fiquei na maior dúvida se pediria este livro pela parceria com a Editora. Acabei optando por outro ma fiquei super dividida.
    Ainda quero ler os dois, a escrita e os desenhos parecem ser muito legais mesmo
    Ja estão na lista
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem? Eu conheço o trabalho da Sarah pelas redes sociais, mas não sei se gostaria de investir nos livros. Acho muito legal que exista essa pessoalidade na arte dela, acho muito importante esse diálogo, especialmente porque a gente, que tá lendo, sempre quer ser compreendido de alguma forma. É mesmo muito importante que as pessoas possam encontrar lugares para falarem de suas saúdes mentais <3

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Ani, nao conhecia mas adorei! Minha cara isso aí, especialmente o amor por gatinhos citado na sinopse. Achei bem legal ela falar sobre ansiedade e depressão. Fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Sempre que vejo essa capa fico com uma vontade de fazer essa leitura.
    Adorei essa premissa e o fato da autora conseguir trazer temas interessantes para ajudar os leitores a refletirem.
    Me agradaria a leitura.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  11. Não tive o prazer de ler ainda, mas desde o lançamento que ele es5a na minha lista. Adorei as ilustrações.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir

Oi você, que bom que chegou até aqui, não esqueça de deixar um comentário.

- Criticas, duvidas, sugestões são sempre bem vindas!

Obrigada pela visita e volte sempre ;*

Contato: contato@entrechocolatesemusicas.com