Paixão Libertadora - Sophie Jackson

Oi vocês,

Há um tempinho atrás – ok, há muito tempo atrás – eu li o primeiro livro desta trilogia e lembro o quão encantada eu fiquei com a escrita da autora, finalmente consegui dar continuidade a leitura e hoje eu falo sobre Paixão Libertadora.


Título Original: An Ounce of Hope
Autora: Sophie Jackson
Páginas: 350
Editora: Arqueiro
Sinopse: Max O'Hare já passou por muitos momentos difíceis na vida. Depois de perder um grande amor e ter que se internar numa clínica para se livrar das drogas, ele decide que é hora de trocar Nova York por uma cidade do interior, na tentativa de se reerguer ao lado da família. É lá que ele conhece a deslumbrante Grace Brooks. Amante da arte e da fotografia, ela parece a mulher perfeita. Mas o que Max não sabe é que ela guarda a sete chaves a verdade sobre o próprio passado. Atraídos um pelo outro, mas com medo das consequências que um relacionamento sério pode trazer a suas vidas já complicadas, eles fazem um pacto para que a relação seja apenas sexual, sem sentimentos envolvidos. Até que as coisas começam a mudar entre os dois...
Presos a grandes medos e a segredos profundos, Max e Grace precisam aprender a confiar de novo e se entregar um ao outro não apenas de corpo, mas também de alma.


Paixão Libertadora é o segundo livro da trilogia Desejo Proibido da autora Sophie Jackson. A trilogia lançada pela Editora Arqueiro é independente, ou seja, você pode ler os livros fora de ordem. Claro que nesse segundo livro, há um fato ou outro sobre o primeiro, mas não acho que tire o mistério do seu antecessor. 



Dessa vez, o enredo se aprofundará em Max O’Hare, ele já passou por dezena de problemas. Após a morte de seu pai, vítima de câncer, ele começa a festejar mais que o normal. Parecia que somente álcool, drogas e muito sexo poderia tirar a dor que ele estava sentindo, até que em uma dessas festas ele conhece Lizzie e sua vida começa a voltar a entrar nos eixos, mas após um determinado fato ele tem uma recaída e seus amigos decidem que é hora dele ir para a reabilitação. 
Durante sua estádia na clínica, ele tenta apagar todos os demônios que rondam seus sonhos e atormentam sua vida, mas não é fácil... A sensação que Max tem é que ele nunca vai melhorar e sempre será uma decepção para todos. 

“É, ele estava de fato rodeado por pessoas bem-intencionadas. E nunca se sentira tão sozinho.”

Depois de passar por diversas avaliações ele finalmente sai da rehab e decide que para melhorar precisa sair de NY, deixar seus fantasmas para trás e tentar uma vida nova no interior ao lado de seu tio.
Grace Brooks, é linda, talentosa, simpática e esforçada. Fotógrafa de profissão, resolveu se afastar de tudo depois de sofrer na mão do ex-marido. Um relacionamento extremamente abusivo deixou diversas marcas (não somente físicas) nela e então ela resolve recomeçar no interior. Com a herança de sua mãe, ela compra uma casa em ruínas e resolve reforma-la, e também arrumou um emprego temporário no bar Whinskey. Seu irmão Kai foi contra desde o início, mas ela sabia que era isso que precisava para seguir em frente.



A primeira vez que os dois se viram, foi no Whinskey e a troca de olhar entre eles já soltava algumas faíscas. Ambos tinham problemas maiores que podiam carregar e medos em comuns e logo a amizade foi inevitável.
Fazia tempo que eu não me entregava tanto a um romance, como eu fiz com esse. Já tinha me esquecido como a escrita da Sophie era envolvente e delicada. 

“Estas cicatrizes mostram a todo mundo que você sobreviveu, Grace. Não tenha vergonha delas.”

Paixão Libertadora é um livro quente, mas não exagerado. Suas cenas são bem descritas com suavidade e precisão nos momentos necessário e é isso que eu mais gosto na escrita da autora. O livro fala sobre problemas reais e a importância de ter uma segunda chance. E quando eu falo sobre segunda chance, eu acredito que a maior que possa existir é quando nós nos damos uma nova chance de recomeçar e fazer dar certo. 



É uma obra bonita e não tão sofrida como o primeiro. Os personagens são reais e palpáveis, o que torna tudo mais incrível ainda.
A capa segue o padrão da série e tem essa cor alaranjada e mais quente, a diagramação é bem simples, com páginas amareladas e fonte agradável. O que é bom pois isso facilita e agiliza a leitura. 
Em suma, Paixão Libertadora é um livro muito bem escrito que conquistou meu coração por ter personagens quebrados tão bem escritos que não tem como não querer ser amigas deles. Estou ansiosa para conhecer o terceiro livro da série Amor Sem Limites. Será minha próxima leitura. Leitura aconselhada.

“Nunca atenda a ponta quando o passado vem bater. Ele nunca tem nada de novo para oferecer.”

Compre o romance da Sophie Jackson com 10% de desconto com o Cupom Válido da Saraiva.

  • Para saber minha opinião para a primeira obra e o conto: clique aqui.
Beijinhos, 

11 comentários

  1. Oi,
    Tudo?
    Gostei da capa e não sabia que era uma série, fiquei só intrigada com um fato da sua resenha ele conhece uma pessoa na festa e decide se "curar", mas pelo que vi a história não é sobre a mulher que ele conhece na festa e sim sobre outra que vai encontrar depois de sair da clínica é isso? Enfim,achei legal e vou procurar mais sobre,
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem, estou muito curiosa para ler essa triologia acho que vou começar a ler, esse livro. Amei a resenha

    ResponderExcluir
  3. Eu li Desejo Proibido" e achei uma leitura divertida, mas não quis dar sequencia a série, e confesso que não sabia que são histórias diferentes. Gostei disso. Já dá um UP na trama, se envolver com outros personagens, dramas.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ani! Eu não sabia que as histórias eram independentes e fiquei curiosa para conferir essa história, ainda mais porque você mencionou que o romance era bem envolvente. Sua resenha está linda, vou adicionar essa série na minha lista. Bjss!

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu preciso terminar essa série. Li apenas o primeiro volume e depois acabei não lendo mais nenhum. Agora que teve esse lançamento quero ler todos os que faltam. Lembro que na época tinha amado a escrita da Sophie e a forma como seus personagens eram descritos.
    E pela sua resenha a qualidade se mantêm.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  6. Olá Ani,
    Ainda não li esses livros, mas leio muitos elogios para eles, principalmente com relação ao sofrimento e a forma palpável como os personagens são descritos. A única coisa que não me agrada muito é a personalidade de Grace, que parece ser bastante clichêzona, mas vou arriscar e fazer a leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda não li os livros dessa série, mas tenho curiosidade com eles. Gostei de ver a sua opinião sobre esse volume e espero que eu goste bastante quando for ler.

    ResponderExcluir
  8. Olá Ani, apesar dessa série não ser do gênero que costumo ler o enredo desse e do livro anterior parece ser bem bacana *-* Espero ter a chance de lê-los.

    ResponderExcluir
  9. Confesso que esta série não se encaixa muito no meu estilo literário, mas fiquei empolgada com a premissa deste livro, o que por consequência me deixou curiosa para conhecer os demais livros.

    Vou colocá-los na lista de futuras leituras, mas acho que só vou conseguir conhecer a escrita na autora no próximo ano. Para 2017 já cheguei no limite da lista de leitura hahaha

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Faz tempo que li esse livro, eu ainda era parceira deles, e sim, esse livro é muito bom!! A única coisa que me incomodou foi a capa, onde dei uma leve problematizada. Já quero o meu Amor Sem Limites, porque preciso encerrar essa trilogia maravilhosa!

    ResponderExcluir
  11. Oi Ani,
    Eu amo sofrer, então se a obra tem esse lado sensível, já quero!
    Aliás, se é romance já ganha pontos comigo. Uma pena que não comecei a série ainda, mas vou deixar anotado para comprar em breve. Quem sabe na Black Friday?
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Oi você, que bom que chegou até aqui, não esqueça de deixar um comentário.

- Criticas, duvidas, sugestões são sempre bem vindas!

Obrigada pela visita e volte sempre ;*

Contato: contato@entrechocolatesemusicas.com