Não Me Esqueças - Babi A. Sette

Oi vocês,

Há um tempinho fiz um post aqui sobre o lançamento de Não Me Esqueças da nossa parceira-amiga Babi A. Sette. Hoje, é com muita felicidade que trago a resenha do mesmo. Uma leitura apaixonante e rápida que conquistará seu coração.


Título: Não Me Esqueças
Autora: Babi A. Sette
Páginas: 350
Editora: Verus
Sinopse: Aos vinte e um anos, Lizzie deveria estar empenhada em fisgar um noivo e finalmente se casar. Entretanto, após uma decepção amorosa, o coração da jovem só palpita por sua grande paixão — os estudos sobre o povo e a cultura celtas. Esse interesse faz com que ela troque os concorridos salões de baile de Londres pelas estradas desertas e sinuosas das Highlands escocesas. 
Ali, ela conhecerá Gareth, o enigmático líder do clã que vive no local mais remoto e bucólico da Escócia. Envolto em uma aura de mistério, ele luta para manter suas tradições, seus segredos e, principalmente, seu povo em segurança.
Enquanto o austero Gareth tem a vida toda sob controle e resiste a mudanças, Lizzie está muito entusiasmada com suas explorações e descobertas. Porém a vida de ambos é alterada de maneira inexorável quando uma fatalidade transforma a tão sonhada aventura de Lizzie em pesadelo.
Vindos de mundos tão diferentes, mas unidos por uma atração irresistível, Lizzie e Gareth vivem uma paixão proibida e desafiadora, sem saber que finalmente poderão encontrar aquilo que só ousavam buscar em sonhos.




Babi A. Sette é aquela autora que eu faria questão de ler qualquer coisa. E acho que todo mundo já sabe disso... Dessa vez ela nos encanta com Não Me Esqueças, primeiro livro dela lançado pela Verus Editora, selo do Grupo Editorial Record e que já teve sua primeira edição esgotada.



Nesse livro nós conhecemos Elisabeth Harold, uma jovem que desde sempre fora apaixonada por lobos e pela cultura celta. Depois de sofrer uma grande desilusão amorosa, ela passa a dedicar sua vida aos estudos dessa cultura e a leitura, contrariando assim seu pai Arthur Harold, o duque de Belmont. Ele quer que a filha pelo menos tente conhecer sua alma gêmea durante as temporadas, mas é complicado quando a jovem resolveu se fechar de vez. Para Lizzie, só um tipo de amor é possível: o mesmo de seus pais. 

“Minha filha... se há algo que a vida me ensinou é que nós não podemos nos culpar pelos atos dos outros, mas podemos escolher como reagir diante daquilo que nos acontece. Quase nunca é uma escolha fácil, mas sempre é corajosa.”
Ela já está com seus 21 anos e já deixou bem claro que não precisa de um marido para ser feliz. Depois de uma discussão, ela recebe um convite para viajar até a Escócia passar a temporada por lá e assim aprofundar mais seus estudos sobre o povo e a cultura celta.
Durante a viagem, ela e sua criada – e melhor amiga – Camille acabam sofrendo uma emboscada e Lizzie se vê perdida no bosque. Quem a encontra desacordada é Gareth MacGlean, líder de um clã que vive isolado de tudo e de todos. Ele fica perdido e desconfiado de como aquela inglesa conseguiu descobrir aquele local e por isso a mantém como “refém” até descobrir o que precisa fazer pelo bem de seu clã. 



Lizzie até poderia ficar assustada por estar num local estranho, mas sua paixão pela cultura sempre falou mais alto, então, ela tenta de todos os modos desvendar todos os mistérios de Gareth e o porquê seu coração fica tão acelerado perto dele.
Você acredita em amores de outras vidas? Se não acredita, depois desse romance passará a acreditar. Babi utiliza de seu dom para nos envolver e nos encantar com seus enredos mágicos e ágeis. 
A história de Lizzie e Gareth possui uma linha que ultrapassa o tempo, o amor deles é inspirador e nos faz querer viver um pouco dessa história ou de poder ajudar os dois de alguma forma. 

“A verdade é que, se não mudarmos nosso interior, não adianta nos escondermos, porque nós sempre estaremos dentro de nossas misérias.”

Como eu disse, a nossa protagonista é fã da cultura celta e fica claro o cuidado da Babi em relação a isso. Em diversos diálogos, ela consegue colocar suas pesquisas de uma maneira sútil, o que me provocou uma grande curiosidade em relação ao povo e suas crenças – principalmente sobre a sabedoria das árvores, preciso saber o que elas têm a dizer para mim.
Não Me Esqueças será difícil de se esquecer literalmente, é leve, apaixonante, sofrido e lindo. É praticamente impossível não se apaixonar pela história, mas eu preciso confessar, não superou a história de Kathe. Esse lugar ainda é de A Promessa da Rosa, que por sinal, traz a história dos pais de Lizzie. Não há necessidade de ler na ordem, mas há a obrigatoriedade de ler todas as obras da autora. 
Babi mostra que se sente segura escrevendo sobre romance de época e que nasceu para isso. Leitura mais que aconselhada. 

“Duas almas que se amam jamais serão verdadeiramente separadas.”


  • Confira mais posts sobre a Babi A. Sette clicando aqui,
  • / lançamento em São Paulo acontece no próximo sábado  07/10 na Livraria Saraiva do Shoppinhg Paulista.

Beijinhos,

15 comentários

  1. Adoro os livros da Babi , e esse ainda não li, pedi de presente de aniversário e logo chega. Adorei ver a história pelo seu olhar e já adianto que estou curiosa para ler esse livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada da autora bê como também. Leio de tudo até pra falar com propriedade de leitor vou procurar ler com certeza.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não li nenhum livro da autora, mas quero muito ler a promessa da Rosa, eu sei que vou chorar muito. Eu estou curiosa para ler não me esqueças e eu estou me segurando para não ler esse livro

    ResponderExcluir
  4. Amo quando a autora trás temas que para mim, são desconhecidos, mas ao mesmo muito interessantes. Fiquei curiosa para conhecer a cultura celta e a famosa escrita da Babi. Parece ser um romance lindo e viciante, espero conferir um dia. Sua resenha está maravilhosa, bjss!

    ResponderExcluir
  5. Ahhh que demias, amei sua resenha! Muito obrigada, minha querida!

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Que demais sua resenha! Tenho bastante vontade de ler algo da autora, já que vejo falarem super bem dela. Estou curiosíssima para ler esta obra!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Eu amo a escrita da Babi. Já comprei meu livro e não vejo a hora de conseguir um tempinho para me jogar nessa leitura.
    Fiquei contente em saber que ele entrou pra sua lista de favoritos.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  8. Que bom que você gostou tanto da leitura, eu não me interessei para ler esse livro, nem gostei muito da capa dele. Mas acho muito bom quando um livro nos agrada dessa maneira.

    ResponderExcluir
  9. Oi Ani, estou louca para ler este livro, assim que vi a capa já me apaixonei, e agora com as resenhas sobre ele saindo, estou querendo mais ainda. Uma pena que amanhã eu não poderei ir ao evento da autora aqui em São Paulo.
    Bjs, rose

    ResponderExcluir
  10. Oi
    Estou ansiosa para ler essa história da BABI porque é um romance de época e também porque envolve a cultura celta. Também tenho a promessa da rosa para ler aqui em casa e fiquei feliz ao saber que esse outro e seu preferido quero com certeza conferir os dois
    Beijos
    Raquel machado
    Leitura kriativa
    Http://leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Eu cheguei a ler A Promessa da Rosa, mas não curti tanto. Talvez eu dê uma chance a esse livro, a premissa parece diferir bem do primeiro livro.
    Bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu sempre quis ler algo da Babi, mas nenhum livro me despertou o interesse. Até agora. Fiquei curiosa para saber o que ela descobriu sobre a cultura celta e tudo o mais que a envolve. O livro já está na minha listinha de desejados!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  13. olá... acredita que nao consigo gostar da escrita da autora? tentei ler outro livro dela mas não fluiu, e abandonei a leitura... bacana a história ter relação com a cultura celta, adoro :D
    mas fora isso, não senti mais nada que pudesse me despertar interesse no livro...
    bjs...

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Uau, se não tivesse a parte da época, com certeza eu já teria lido! É muito legal ver como a Babi está mais madura ao escrever, e como se sente bem no gênero, mas admito que prefiro vê-la nos romances contemporâneos.

    ResponderExcluir
  15. Olá! Estou bem curiosa para ler esse livro. Tenho visto muitos comentários positivos, e amei sua resenha. Com certeza, estarei lendo assim que tiver oportunidade. super bjo

    ResponderExcluir

Oi você, que bom que chegou até aqui, não esqueça de deixar um comentário.

- Criticas, duvidas, sugestões são sempre bem vindas!

Obrigada pela visita e volte sempre ;*

Contato: contato@entrechocolatesemusicas.com