Confissões de Uma Garota Excluída, Mal - Amada e (Um Pouco) Dramática - Thalita Rebouças

Oi vocês,

Vocês sabem que o EC&M é parceiro da Editora Arqueiro e em maio, eles lançaram o Confissões de um Garoto Tímido, Nerd e (ligeiramente) Apaixonado. Essa obra é um spin off de Confissões de uma Garota Excluída, Mal-Amada e (um pouco) Dramática. Para entender um, eu resolvi ler o outro e hoje trago resenha do meu primeiro contato com a escrita da Thalita Rebouças.

Título Original: Confissões de Uma Garota Excluída, Mal - Amada e (Um Pouco) Dramática
Autora: Thalita Rebouças
Páginas: 269
Editora: Arqueiro
Sinopse: Tetê acaba de se mudar com a família toda para Copacabana, no Rio de Janeiro, para a casa dos avós. O lindo e espaçoso apartamento da Barra da Tijuca em que morava teve que ser vendido, pois com a crise o pai foi demitido, e o resultado é que a vida dela virou de cabeça para baixo. Além de perder a privacidade, tendo que dividir o espaço com cinco parentes malucos que brigam o tempo todo, ela perdeu todas as suas referências. A única coisa que a deixa feliz é cozinhar. E, claro, comer as delícias que faz.
O lado bom foi se livrar do antigo colégio, no qual sofria bullying por causa de seu jeito peculiar. Sem contar sua desilusão amorosa... O problema é que ela está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola, e sem conhecer ninguém. E morre de medo de ser excluída ou de sofrer bullying novamente. Ela está bem mal, para dizer a verdade. Ou talvez seja um pouco de drama, porque já no primeiro dia as coisas parecem ser um pouco diferentes... Pelo jeito, tudo vai mudar, e para melhor.

 



Eu sempre fico ansiosa e animada quando vejo autores nacionais alcançando altos números em vendas e lotando eventos. Sempre tentei entender o fenômeno Thalita Rebouças, mas nunca tive a oportunidade de ler algo dela. Seja pela falta de tempo, seja pelas temáticas, seja pela minha velhice da alma... Sempre fiquei curiosa, mas nunca tive a oportunidade, então, fiquei feliz em ter em mão o primeiro livro dela, lançado pela Editora Arqueiro. 



Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática traz a história da jovem Teanira, ela acaba de se mudar com toda sua família para a casa dos avós em Copacabana. Por isso, ela vai ter que se readaptar em um novo colégio, não que isso seja bem um problema, afinal, no antigo ela sofria bullying e era a excluída da turma. 

“Se amar é sofrer, prefiro sofrer por outras coisas.”

Além de perder a privacidade, ela conta com os melhores/piores parentes. Eles acham que estão ajudando, mas por muitas vezes só estão ali realçando todos os problemas que Tetê acha que tem.
Nossa protagonista não é nenhuma miss, mas por todas as agressões que sofreu no seu antigo colégio, acabou deixando de sorrir e de se cuidar. Nessa nova fase, tudo o que ela quer é ser tratada normalmente e quem sabe até fazer alguns amigos. Mas para isso, ela vai ter que controlar algumas manias e sair da zona de conforto. 



Como eu disse, esse foi meu primeiro contato com a escrita da Thalita e eu consegui entender por que mesmo depois de tanto tempo ela continua sendo um fenômeno e conquistando tantos fãs. Afinal, ela já alcançou a marca de 2 milhões de livros vendidos e nós sabemos que no Brasil esse número é muito expressivo.
Thalita escreve para crianças/adolescentes e seus enredos trazem os dramas que os mesmos passam nessa fase tão conturbada da vida. O diferencial dessa obra é que a autora utiliza da liberdade poética para escrever no ~linguajar dos jovens~ ou seja, é uma obra cheia de gírias e muitas letras repetidas. Isso não me incomodou tanto quanto eu imaginei. O que eu não curti mesmo foi a forma como a Tetê se transformava em uma jovem tecnicamente normal para uma bem boboca quando estava perto de um determinado personagem. Eu me recuso acreditar que alguém pode soltar tanta besteira pela boca só por estar ao lado do crush. No mais, é uma obra muito legal. Como eu sempre digo, é importante de despir dos preconceitos para se ler uma obra que é aconselhada para o público infanto-juvenil. Infelizmente eu já saí dessa fase faz um tempinho, mas curti me aventurar na escrita.

“Amor, se a gente não se ama ninguém ama a gente.”

Em breve trarei a resenha do segundo livro da autora e quero saber como será que está a abordagem, já que o personagem principal é o melhor amigo de Tetê – e bem mais maduro que ela. 
A editora Arqueiro acertou em cheio em apostar na autora. A parte gráfica da obra está linda demais! A capa possui elementos que compõe o enredo e os capítulos possuem detalhes bem fofos. Aliás, a Tetê é uma ótima cozinheira e na obra há diversas resenhas fáceis para testar em casa... Vou fazer sim ou com certeza?
Confissões é um livro leve e excelente para uma leitura de final de tarde.

“Aprendi que a nossa história fortalece a gente. Tudo muda o tempo todo, já cantou Lulu.”


Beijinhos,

18 comentários

  1. Oi tudo bem?
    Amo a escrita da Thalita mas venho enrolando para ler esse livro (não sei porque) mas depois dessa sua resenha irei colocar entre minhas próximas leituras.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olá! Nunca ouvi falar deste livro, mas com a sua resenha fiquei curiosa para conhecer! Ainda por cima adoro filmes adolescentes!
    Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  3. Oiii Ani tudo bem?
    Eu já ouvi falar tanto desse livrinho e com toda certeza adoraria ler e me encantar assim, sua resenha ficou ótima e até quem sabe seria uma ótima pedida, para me tirar de uma ressaca forçada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Adoro a Talita e tudo que ela escreve. Seus livros são sempre leves e mesmo já tendo passado da idade do publico alvo em amo!

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ani
    Adorei a resenha. E também gosto de ler nacionais. Confesso só que não sabia que esse era um spin-off.
    Contente que tenha gostado, mesmo com sua pequena ressalva. Livros com muitas gírias às vezes incomodam, mas depende se não são muitas.

    Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  6. Heiii, tudo bem?
    Ainda nao tive a chance de ler nada da autora, mas muitos elogiam seu trabalho.
    Infelizmente eu nao tive vontade de ler o livro "Confissões de um Garoto Tímido, Nerd e (ligeiramente) Apaixonado", acho que sera juvenil demais para mim.
    A capa está linda demais, com certeza para o publico jovem é um livro ideal.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li nada da autora.
    A capa eu acho super fofa e pensei várias vezes em comprá-lo. Mas sempre desistir. Mas pelo que você falou deve ser um livro gostoso de ser ler.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, Ani! Eu lia muitos livros da Thalita da série "Fala Sério" antes do ensino médio e achava a escrita dela muito divertida, mas agora eu não consigo ler mais haha. Mas como eu ainda gosto de livros com temas adolescentes, vou anotar a sua dica, quem sabe um dia eu leia haha. Sua resenha está ótima e a arqueiro arrasou na edição. Bjss!

    ResponderExcluir
  9. Oie! Este livro também foi a minha "estreia" com a Thalita. Gostei de poder revisitar quando eu tinha esta idade e comparar. E posso te contar, tem gente que fala muita bobagem quando está perto de alguém que deixa desorientado (isso me dá nervoso). Achei leve, achei fofo e gostei da abordagem. E também quero ler o livro do Davi. Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Oie! Tudo bem?

    Eu tentei ler esse livro e infelizmente a temática dele não funcionou comigo, tanto é que quem resenhou ele no meu blog foi uma amiga minha que leu e amou a história! kkk

    Bjss

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?

    Conheço a autora, porém nunca li nada dela. Não me chamaram a atenção talvez por causa do gênero. Não sei. Deixo pra quem gosta mesmo!

    Beijos
    Laneh Martins

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bem?! Adoroooo a Thalita, figura muito de boas, nossa. Minha filha leu tudo delaaaaa... e eu por tabela, óbvio. Algumas pessoas acham que os livros dela não tem muita coisa interessante, e é um ledo engano. Esse mesmo lida com questões de amor próprio de um jeito que qualquer um entende, até os mais jovens.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Gosto muito da Thalita e estou curiosa para ler este livro aqui e a sequencia dele. Adorei as fotos que você postou, me deixaram com mais vontade ainda de ter o meu livro em mãos.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi,


    Eu adoro a Thalita Rebouças e acho que ela sabe atingir o público adolescente. Eu ainda não li este livro, mas pretendo ler.

    Beijos
    jusemfrescura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oie!
    Eu fiz a leitura rapidamente desse livro, e confesso que me diverti muito com tudo o que acontece. Foi a minha primeira leitura de algm livro da autora, e gostei demais! Foi bem divertido.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  16. Oie! Confesso que já li alguns livros da Thalita, ela tem uma escrita bem leve e dinâmica. Gostaria muito de ler essa obra, já vou marcar na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  17. Oi, ana, eu não me interesso muito em ler a talita, por causa dessa pegada mais adolescente e eu não curto muito esse tipo de livro, mas adorei a parte do livro em que temos receitas, deve ser uma delícia só. tomara que o próximo livro seja bacana.

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    Eu li assim que lançou, achando que a Thalita teria amadurecido um pouco, mas ledo engano. Continua escrevendo para adolescentes, logo, não foi uma leitura que curti tanto, por eu não ser o público alvo. Fico feliz com o sucesso que ela tem, é merecido!

    ResponderExcluir

Oi você, que bom que chegou até aqui, não esqueça de deixar um comentário.

- Criticas, duvidas, sugestões são sempre bem vindas!

Obrigada pela visita e volte sempre ;*

Contato: contato@entrechocolatesemusicas.com