Melhores Amigas - Emily Gould

Oi vocês,

Mais uma resenha amorzinho aqui no blog! Eu acabei me enrolando um pouco e por isso, os posts estão um pouco atrasados. Mas vamos voltar à rotina! A resenha de hoje fala sobre incertezas e amizade. Confira:


Título Original: Friendship
Autora: Emily Gould
Editora: Rocco (Geração HA)
Páginas: 254
Sinopse: Bem-sucedido romance de estreia de Emily Gould, Melhores Amigas pinta um retrato honesto e bem-humorado da mulher na faixa dos 20 e tantos aos 30 e poucos anos hoje, com suas expectativas e seus questionamentos. Segundo da coleção Geração Ha, o livro acompanha as trajetórias de Bev e Amy, amigas de longa data que chegaram aos 30, mas ainda não encontraram seu rumo na vida, entre escolhas pessoais e profissionais duvidosas. Ao longo da trama, entre sushis, taças de vinho e cigarros ocasionais, elas dividem seus planos e suas incertezas uma com a outra. Mas a amizade é posta à prova quando o plano de Amy de morar com o namorado naufraga, ao mesmo tempo em que Bev engravida de um desconhecido. Juntas, elas terão que descobrir se a amizade é capaz de resistir à força do tempo e às reviravoltas da vida, nesta deliciosa crônica da vida da mulher moderna.



Melhores Amigas é o primeiro romance da autora Emily Gould. A obra foi lançada pela Editora Rocco e contra a história de duas amigas: Bev Tunney e Amy Schein.
Bev largou sua vida em Nova York para viver com seu namorado em outro estado. Uma coisa pela qual se arrepende constantemente. Depois do término, ela tenta ganhar a vida com alguns empregos temporários.



Amy trabalhou em um site de fofocas e já foi tecnicamente famosa por isso. Hoje, ela trabalha em um blog que odeia e não consegue ser produtiva por estar descontente com a profissão. Sonha que a oportunidade perfeita caia no seu colo e tudo volte a ser como era antigamente. As duas sempre puderam contar uma com a outra e se apoiar nos momentos mais complicados. Mas com o tempo, as coisas começaram a mudar e diversas crises pessoais acaba testando a amizade das duas.

“Bem, ainda somos relativamente novas, sabe? Estou certa de que todos os tipos de coisas inimagináveis acontecerão"

“Trinta é a idade do sucesso”, quem nunca pensou isso, né? Meu filme favorito é De repente 30 e desde muito cedo eu sempre achei que com 30 anos eu teria uma vida mais organizada e com diversos “check” na listinha da vida. Porém, aos 25 anos eu já pude constatar que não será tão fácil, nem tão rápido e fiquei feliz em solicitar a obra pois é um tema muito bacana e humano.



Esse foi meu primeiro contato com a escrita de Emily e fiquei muito feliz que tenha sido com essa obra. O livro mostra as incertezas e não é um livro romântico. Ele é real. As personagens são reais. Os problemas e dúvidas das protagonistas poderiam ser de qualquer uma de nós. É legal e interessante a forma como foi fácil se identificar ou até mesmo se imaginar em alguma das situações.
Não espere personagens perfeitas, volto a repetir, elas são humanas e isso foi o mais lindo do livro. Há tempos eu não lia algo tão “cru”. Sabe quando você se sente enjoada de personagens com atitudes clichês, frases clichês e impossíveis? Então, nessa obra as protagonistas são reais e você quer passar um dia com elas para ouvi-las desabafar.

"Perguntou a si mesma se contava ser bom quando você fazia a bondade por motivos puramente egoístas. Provavelmente não, mas quem ligava? O importante era o que você fazia, não como se sentia."

Bev e Amy são empoderadas e bem resolvidas com suas escolhas o que também, por muitas vezes, falta em algumas histórias do gênero. O único problema foi o final um pouquinho corrido, acredito que a autora poderia ter trabalhado de uma maneira diferente essa parte. 
Melhores Amigas trata sobre a expectativa muitas vezes não correspondida, de certa forma sobre o papel da mulher moderna na sociedade, sobre nossas inseguranças e problemas. Tudo com um certo humor e leveza. Leitura aconselhada.

Beijinhos, 

22 comentários

  1. Olá lindona,

    Gostei muito da sinopse e mais ainda de saber que ambas as personagens são fortes, decididas e empoderadas, porque odeio mulheres que vivem esperando que os outros façam as coisas por elas.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Gostei da premissa, eu ainda não conhecia mas achei a trama bem interessante a a personalidade das personagens me deixou curiosa.

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Gostei bastante da sinopse e mais ainda da tua resenha. Não li muitos livros com o tema amizade, mas esse parece ser muito bom! Gosto quando os escritores mexem com esse sentimento.
    Quero muito ver como a amizade das duas ficará no decorrer da história, dica anotadinha aqui.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro e fiquei bem curiosa. Essa coisa de mulher que não é bobinha ta realmente faltando nos livros!

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    De cada percebi que esse livro representava várias pessoas, fico feliz por não ser um "romance", achei bem realista os assuntos que nele são tratados. Vou fazer a leitura assim que possível e adorei a sua resenha! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  6. A capa do livro é linda. Ja na sinopse já me senti interessada na leitura, confesso que saber que as personagens tem certa personalidade e não ficam chorando pq não tem isso ou aquilo como vc citou que acontece nos livros do gênero, realmente ja me anima bem mais.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  7. olá
    gostei da premissa, parece ser um livro bem interessante, gosto de histórias do dia a dia, de reflexões sobre expectativa vs realidade, alem de ter um toque de humor bem bacana,dica anotada.

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro quando o livro apresenta mesmo personagens humanas. Reais. Super anotei a dica. Também achava que 30 era a idade do sucesso. Não sei se até lá terei conseguido realmente atingir esse ápice, por isso te entendi perfeitamente!

    ResponderExcluir
  9. Oi! Achei o livro bastante interessante, não conhecia a história, mas gostei do enredo se tratar de uma amizade e por questões da vida mesmo, elas tiveram que se afastar um pouco. Sua resenha está ótima e fiquei curiosa para saber o desenrolar dessa história. Bjss!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Ani
    Livro bom é quando os personagens são cheios de defeitos. Gostei da premissa do livro e essa coisa do papel da mulher na sociedade. Acho que ia gostar da leitura. Obrigada pela dica, parece ótimo.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  11. Eu adoro um chick-lit, mas tem alguns que me irritam porque as protagonistas agem como se tivessem 13 anos e zero neurônio vivo. Gostei desta pegada mais "gente como a gente". Vou colocar na lista! Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Segunda resenha que leio desse livro e fico louca rs'
    porque eu também estou enjoada desses clichês e olha que eu adoro um, mas tem hora que precisamos de algo diferente, esse livro parece ser perfeito para a ocasião.. histórias reais e personagens que nos identificamos de alguma maneira. já coloquei na lista e espero ler em breve!

    Beijos!
    https://blogdatahis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. adorei a sinopse e a resenha, não conhecia a autora e a obra, fiquei super afim de ler. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  14. Muito boa a sua resenha, consegui compreender fatos importantes sobre o livro que me fizeram colocá-lo na minha lista de futuras leituras.
    Estou cansada de personagens perfeitos com vidas perfeitas, a realidade faz bem!

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    Sempre precisaremos de um choque de realidade, então esse é o livro mais que indicado! Não o conhecia, mas gostei de saber mais sobre ele, sem falar nessa capa linda!!! Parabéns pela resenha!!

    ResponderExcluir
  16. Que bacana, não conhecia o livro e gostei bastante dele e de sua resenha, amo personagens reais, acabo enxergando eles como amigos. Amei o livro!

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
  17. Olá! Estou com 32 anos e posso dizer que é uma ótima idade rsrsrs Gostei da premissa do livro, fiquei curiosa para conhecer a história, parece ser bem agradável de se ler. Amei sua resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  18. Oii, fiquei bem curiosa com esse livro, ainda mais com essa capa ilustrada que é muito linda. Mas pelo que pude ler em sua resenha, achei a história bem bacana e estou curiosa para saber como tudo vai se desenvolver.

    beijos

    ResponderExcluir
  19. Oie, tudo bem?! Eu criei uma super expectativa com esse livro e infelizmente não foi atendida. Achei no mesmo estilo do Melancia, que foi um livro que não gostei nadaaaa, então esse foi um pouco melhor a experiência.
    Em contrapartida, adorei sua resenha. Você foi bem espontânea e verdadeira, valeu a pena conferir sua opinião.
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Oi Ana.
    O que me chamou atenção nesse livro foi justamente isso que ele tem de real. Acho que faltam livros que trabalhem mais com a realidade.
    Espero poder ler em breve e gostar também.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  21. Oi Ani, sua linda, tudo bem?
    Engraçado, aconteceu o mesmo comigo. Quando eu estava na escola, eu sempre vi o meu futuro dessa forma, quando tiver 30...... e quando vai chegando perto e olhamos para aonde estamos é que percebemos que não é nada do que pensamos. Por isso também gosto muito do filme de repente 30. Acho que por trazer personagens mais reais e humanos vou me identificar com eles. Dica mais do que anotada!!!! Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Oi você, que bom que chegou até aqui, não esqueça de deixar um comentário.

- Criticas, duvidas, sugestões são sempre bem vindas!

Obrigada pela visita e volte sempre ;*

Contato: contato@entrechocolatesemusicas.com