Editora Arqueiro lança duologia de Robin York sobre Revenge Porn.

“Como sempre distraída,
Te filmei você não viu.
É a coisa mais bonita
O seu corpo de perfil
Te proponho, amor,
Um trato: Que tal se render?
Eu te dou o seu retrato,
Mas quero você.” (Cartão Postal – Exaltasamba 1998)





O tema de hoje é um pouco diferente do que estamos acostumados aqui. O blog foi convidado pela Editora Arqueiro para debater um tema MUITO importante com vocês. Revenge Porn, ou Vingança Pornô.
Coincidentemente, eu sou fã de pagode 90 (uma época onde 98% das músicas fugiam do senso de certo ou errado) e estava ouvindo essa música que fala sobre esse tema. No caso, a música conta a história de um homem que filma  uma mulher tomando banho e a chantageia com isso. Infelizmente, isso não é algo apenas na música, durante anos e anos jovens e adultas entram em depressão ou se suicidam por conta de fotos e vídeos íntimos divulgados na rede por seus ex-companheiros.
Em todos os casos, as vítimas (normalmente mulher) recebem avalanches de comentários e são ridicularizadas nas redes sociais e nos locais de trabalho, estudo e etc. Elas são as culpadas. Elas estão erradas. Onde já se viu uma mulher fazer uma coisa dessa? Mas por que o homem sai como o “santo”? Porque quem divulgou uma intimidade do casal sai como se ele estivesse certo em divulgar e a mulher errada por estar naquela situação? Eu sou a favor de que, em um relacionamento, se deve fazer tudo o que der vontade. Se o casal se sente bem se filmando, que faça! Se eles trocam nudes, qual é o problema?
Minha duvida sempre foi o porquê as pessoas precisam se vingar depois de um final de relacionamento? Se terminou segue em frente, não prejudique as pessoas por causa disso. Não tem um motivo de fazer isso. É infantilidade e falta de caráter! Acho que esse é o tipo de coisa que nunca entrará na minha cabeça...
A falta de regulamentação das mídias digitais ajuda na disseminação desse tipo de crime. Em dezembro de 2012, foi sancionada a lei 12.737, conhecida como Lei Carolina Dieckmann por causa da atriz que teve seu computador furtado e 36 fotos íntimas publicadas na rede, a lei ainda vem recebendo críticas por seus "dispositivos" serem amplos e darem margem a dupla interpretação. O deputado Romário, também tem um projeto de lei para aprimorar a 12.737 e regulamentar esse tipo de crime. Aliás, o deputado tem grandes projetos de lei e alguns já aprovados.

Você deve estar se perguntando o que a Arqueiro tem em relação ao tema... Simples, esse mês será lançado os livros da autora Robin York, Intenso e Profundo, que conta a história de Caroline, uma jovem que teve suas fotos íntimas publicadas pelo ex-namorado, desesperada e com a vida se tornando um inferno, ela tenta fazer com que a fotos sumam da rede e tenta se defender das críticas recebidas.
O livro parece ser muito bom e espero conseguir ler em breve para saber como tudo foi abordado mesmo. A autora deixou uma mensagem sobre o tema, confira:



E você? O que acha do assunto Revenge Porn? Deixa sua opinião.


Livro: Profundo
Caroline Piasecki vê sua vida se transformar em um pesadelo quando o ex-namorado espalha fotos dela nua na internet. De uma hora para outra, sua reputação é arruinada e o futuro promissor que a aguardaria após a faculdade já não parece tão garantido. Desesperada, ela tenta fazer com que as imagens sumam da rede e, ao mesmo tempo, procura se defender da multidão de pessoas que a julgam.
Um dia, quando um cara que ela mal conhece sai em sua defesa e dá uma surra em seu ex-namorado, tudo muda. À primeira vista, West Leavitt é a última pessoa de quem Caroline deveria se aproximar – ele tem um ar sombrio e ganha a vida de forma ilícita. Ela, por sua vez, é o tipo de garota que West sempre tentou evitar. Rica e privilegiada, jamais entenderia as dificuldades pelas quais ele já passou.
Mesmo com todas as diferenças, os dois se tornam amigos. Com Caroline, West sente que fará de tudo para ser um homem melhor, e ela encontra nele a força para reagir. Quando parece impossível resistir à paixão avassaladora, West e Caroline descobrem que às vezes a única opção que resta é ir mais fundo.



Livro: Intenso
A vida de West Leavitt foi do céu ao inferno em poucos meses. Ele achava que era possível ter um futuro melhor, mas acabou retornando para os dramas diários de sua família. Agora, em meio a uma tragédia, o rapaz não sabe o que fazer para ajudar Frankie, sua irmã caçula. Quando ele está prestes a desmoronar, só uma pessoa lhe vem à mente: a jovem segura e determinada que ele um dia pensou merecer.
Longe dali, Caroline Piasecki sonha mais uma vez com West: a pele contra o seu corpo, o cheiro dele, a mão deslizando pela sua barriga... Mas sonhos são apenas sonhos. Ela sabe que o ex foi embora e não vai voltar. Por mais doloroso que seja, Caroline precisa se esquecer do tempo que passaram juntos. Até que seu celular toca e um West transtornado está do outro lado da linha. Sem pensar duas vezes, Caroline vai ao seu encontro.
Só que muita coisa mudou desde que eles terminaram. West tenta afastar Caroline de sua vida de todas as maneiras. Ao mesmo tempo, o desejo que sentem um pelo outro parece ter ficado até mais forte no período em que estiveram separados. West ainda sente algo por ela, mas não se considera uma boa companhia para ninguém. Caroline quer estar nos braços de West, mas sabe que deve partir para que ele não sofra.
Nesse embate de emoções, eles precisarão encontrar os próprios caminhos e descobrir: por mais intenso que seja o laço que os une, ainda é possível um recomeço?

Beijinhos,

28 comentários

  1. Essa duologia vai ser uma das minhas próximas leituras com certeza. Sem contar que o assunto proposto é de extrema importância. Parabens por essa bpogagem coletiva também.
    Beijos Fer

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Esse tema é bem complicado. É como eu disse lá no Resenha, melhor prevenir que remediar. Mas como vivemos numa sociedade machista, infelizmente a culpa sempre será da mulher, mesmo ela tendo sido filmada/fotografada às escondidas.

    ResponderExcluir
  3. Olá, eu li as primeiras páginas de Profundo e fiquei muito curiosa com o restante da leitura. Não solicitei os livros para a editora mas com certeza eu vou comprá-los assim que for possível. Acho que esse tema precisa ser mais visado. A maioria das adolescentes não tem conhecimento e mandam suas nudes para os namorados (ficantes, peguetes,namoridos...)sem medo do que possa acontecer, claro que a culpa não ´e delas se o conteúdo vazar mas acho que precisa haver um alerta sobre isso e achei a blogagem coletiva uma excelente ação promovida pela editora

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Achei bem interessante esses livros abordarem esse tema que está cada vez mais comum e presente hoje em dia!
    Parabenizo a Arqueiro por ter criado essa blogagem coletiva com os parceiros que servirá não só para divulgar os livros, mas também para conscientizar sobre o assunto.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi.

    Muito boa mesmo a iniciativa da Editora Arqueiro, a autora merece os parabéns por escrever um livro com esse tema, parabéns aos blogs também por divulgar essa mensagem a todos. Vou ler com certeza os livros.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Olá, acho super importante falar sobre o tema, ressaltar que essa "vingança" é um crime e que as vítimas são vítimas e que não devem ser julgadas e hostilizadas. Certamente lerei os livros quando puder.

    ResponderExcluir
  7. Li hoje sobre o primeiro livro, não sabia da sequência! É um tema polêmico e verdadeiro, acredito que devemos nos cuidar sempre
    Beijos!

    EsmaltadasdaPatyDomingues

    ResponderExcluir
  8. Sua opinião disse tudo, todos tem o direito de escolha, e as leias feitas são bem úteis para esses casos igual ao que o livro descreve, sem falar que a crítica construtiva que o livro vai trazer é um alvo de publicidade para o assunto em questão.

    ResponderExcluir
  9. Olá, eu achei muito bacana a iniciativa da editora de divulgar esse assunto que é tão sério e está em alta hoje em dia, eu não sabia que esses livros tinham esse tema como principal, gostei de saber e isso me animou ainda mais a ir atrás deles e conferir!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi Ani,
    Descobri sobre o que se tratava essa duologia hoje. Li vários posts sobre esse lançamento e confesso que estou com altas expectativas nessa história.
    Acho muito importante essa bandeira ser levantada, sou totalmente contra qualquer tipo de vingança, principalmente esse tipo de atitude suja.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. O que eu não entendo é que a internet está ai há tanto tempo, mas até agora as leis não são tão rigorosas com esse tipo de coisa e com coisas até piores que acontecem nesse universo que mais parece terra de ninguém. Pessoas ofendem pessoas, postam coisas escrotas e ninguém faz nada.
    Ótima a iniciativa da Arqueiro e da autora ao abordarem esse tema. Porque parece que na maioria das vezes a culpa das coisas sempre cai na mulher...
    Esperemos que com atitudes como essa as coisas vão mudando aos poucos e as pessoas tomem mais consciência das coisas que fazem e falam..

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  12. Esse é um assunto bem complicado e posso te dizer que também não sei o que se passa na cabeça de uma pessoa que se vinga de uma pessoa só porque o relacionamento acabou e tal. A Lei apesar de ser um grande avanço não impede e sinceramente, não coloca medo em ninguém. Basta ver os inúmeros casos que caem todos os dias na rede. Acho que a única coisa que pode ser feita é educarmos os nossos filhos, para que assim no futuro, os mesmos tenham o discernimento do que é repeito e caráter. Pois infelizmente essa geração... parece não ter mais jeito. :(

    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
  13. Olá.

    Eu já li bastante posts sobre o assunto e amei a iniciativa da Editora Arqueiro. Como eu havia comentado em outros blogs, esse tema é de suma importância, visto que ninguém tem o direito de sair divulgando fotos das pessoas sem o consentimento. E o pior é que as vítimas acham que são culpadas por isso e algumas não conseguem conviver com a culpa e acabam se matando. Isso é realmente muito triste, você confia na pessoa e ela faz isso com você.
    Enfim, estou doida para ler os livro e espero gostar.
    Beijos!
    http://www.anebee.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá Ani,
    Primeiramente, adorei sua postagem e o fato de a editora estar participando disso.
    Esse tema é bastante complexo, pois sempre a mulher é julgada e errada. Ela não deveria ter permitido as fotos, deveria saber quem era seu parceiro. Deveria ter feito muitas coisas e como acho isso errado.
    Enfim, estou bem curiosa em relação aos livros e espero ler em breve.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Acho demais a ideia da editora em fazer uma blogagem coletiva do tema, pois trazer o livro que aborda isso é sensacional, mas explicar o que significa e como proceder é incrível e necessário.

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Ani,

    Tenho acompanhado vários posts sobre o assunto e achei a iniciativa da editora muito bacana mesmo. Eu espero que as pessoas se conscientizem mais, porque revenge porn não é uma coisa legal e nem boa. Muitas mulheres perdem suas vidas apenas por uma nude ou algo do tipo. Falta respeito das pessoas e espero que quem cometa o ato de compartilhar fotos e vídeos íntimos, seja preso e ainda pague indenização, porque as vezes os danos causados na vida da vítima são bem tensos. :)

    ResponderExcluir
  17. Já tinha visto esse livro mas não tinha procurado saber sobre o que tratava e me surpreendeu bastante. É realmente um assunto em sério, uma colega minha passou por isso e foi terrível, ela mal sai de casa tamanho constrangimento e concordo com você, as pessoas ajudam compartilhando essa sujeira achando divertido enquanto tem uma pessoa sofrendo por isso, as mulheres são taxadas de promiscuas enquanto o homem sai como o fodão. Infelizmente essa é a sociedade que vivemos.

    Eveton equipe Rillismo
    rillismo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oii!
    Achei a ideia dessa blogagem incrível! Já tinha ouvido falar dos livros, mas não sabia do que se tratava. Confesso que o tema me deixou beem curiosa porque é comum infelizmente nos dias de hoje :/

    Beijão!
    http://www.loucaspaginas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Oii, tudo bem?
    Eu tenho visto diversos posts sobre esse livro, e acho a iniciativa da autora e editora bem legais. É importante falarmos sobre isso, pois infelizmente esse tipo de exposição tem se tornado cada vez mais comum.

    ResponderExcluir
  20. Oi *---*

    Sensacional essa iniciativa da editora. Nunca passei por isso ou tenho pessoas proximas que ocorreu algum caso. Não compartilho nada que me manda sobre isso, sempre pensei no constrangimento que a pessoa deve estar passando, já vi casos da pessoa até se matar, é falta de caráter a pessoa se divertir enquanto tem outra sofrente, pura maldade. Esses crimes online deveriam ser barrados aqui no nosso pais, lá fora já existe investigadores de crimes online, com tantos casos que temos no Brasil já está mais que na hora de ser implantado. Parabéns a editora e também a autora pela coragem de publicar uma obra com um assunto tão serio.

    Bjos
    rillismo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bem? :)
    Acho fantástico a divulgação de um assunto tão importante quanto este, para o qual muitas pessoas ainda não estão informadas. Decidi que quero ler esses livros.
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  22. Eu nem sabia desse termo vingança pornô até começar essa ação da Arqueiro, Ani. Sinceramente, também não entra na minha cabeça alguém se vingar desse jeito depois do fim de um relacionamento, é algo tão infantil e mesquinho que realmente nunca vou conseguir entender. Mas infelizmente é algo que acontece muito. Espero que um dia as pessoas se conscientizem de que fazer o mal pelo mal não faz bem a ninguém, muito menos a elas mesmas.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  23. Olá, tudo bom?

    Estou adorando as postagens coletivas sobre esse assunto. Cada blog está trazendo uma perspectiva diferente sobre esse debate. É realmente fascinante o trabalho que a Arqueiro está fazendo ^^

    Eu fico muito revoltada quando vejo que as mulheres são "taxadas" com suas intimidades divulgadas na internet e a pessoa que divulgou fica impune, sabe? Muitas passam por problemas realmente no trabalho, escola, etc. O pior é, como você disse, isso acarreta em depressão e suicídio.

    Como você falou, quando o casal quer, que faça. Mas acho totalmente errado que uma coisa que foi feita com os dois e com uma confiança, seja ridicularizado por conta da "dor de cotovelo", sabe? A pessoa não aguenta o término do relacionamento e quer se vingar. Realmente precisamos de leis mais duras quanto a isso.

    Obrigada pela dica dos livros, beijos ;)

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oie, parabenizo todos os blogs que participaram dessa ação coletiva e também a editora arqueiro por nos trazer um tema tão atual e que precisa urgentemente ser discutido. Concordo com você que todo casal tem o direito de fazer o que quiser e que a mulher depois não seja acusada disso, afinal, se formos pensar em todas as consequências do que vem depois ficaremos temerosos de fazer tudo, e deixar alguém em quem confiamos não deveria ter de ser motivo de medo de vingança depois. O livro parece que ilustra bem isso e está sendo tão falado que eu já quero muito ler, estou com o primeiro na lista e espero poder conferir em breve.

    ResponderExcluir
  25. Oi!
    Achei super importante a abordagem da autora, não só pelo tema de vazar os vídeos e fotos das pessoas, o que hoje em dia é algo que está acontecendo a cada minuto e imagino que destrua várias pessoas por dentro.
    Mas outro tema importante que isso traz a toma é a questão pautada no feminismo, pois como você disse os homens acham que sairão impunes disso, e se acham o máximo vazando fotos das mulheres, e porque eles acreditam que elas são inferiores a eles e que podem as submeter a essa humilhação?
    Enfim, preciso ler esse livro para entender melhor toda a discussao do tema que a autora propos

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  26. Olá,
    Eu ainda não conheço a duologia, mas a arqueiro está de parabéns pela iniciativa. O tema é recorrente em nossa sociedade, mas aparentemente as pessoas não tem tanta informação dos contras de mandar uma foto em sua intimidade para alguém. Acho que o tema deve ser mais abordado e nesse aspecto a editora está surpreendendo.
    Beijos,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  27. Oi!
    Gostei muito da iniciativa da editora, esse tema é cada dia mais comum e com certeza precisa ser discutido. Não conhecia essa música, mas ela combinou com o post, mesmo com a letra não muito politicamente correta...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Oie Anaaaaaa!!!!
    Vi essa ação em vários blogs queridos, e achei simplesmente incrível essa idéia da Arqueiro fazer uma campanha falando sobre esse assunto, infelizmente já tive pessoas próximas a mim passando por essa situação, e posso dizer que é sem duvida devastadora. Estou louca para conhecer essa duologia, quero muito saber a forma que a autora decidiu abordar o assunto.
    bjs

    ResponderExcluir

Oi você, que bom que chegou até aqui, não esqueça de deixar um comentário.

- Criticas, duvidas, sugestões são sempre bem vindas!

Obrigada pela visita e volte sempre ;*

Contato: contato@entrechocolatesemusicas.com