Extraordinário - R. J. Palacio

Oi vocês,

  A resenha de hoje está pronta desde muito tempo, só faltava espaço para poder postar no blog. Acho que todo mundo que leu Extraordinário se apaixonou pelo livro. Eu tenho um motivo muito especial para gostar dele, então vamos fechar a semana com chave de ouro. Confira a minha opinião e o porque Extraordinário é tão lindo!

Extraordinário

Título Original: Wonder
Autor: R.J. Palacio
Editora: Intríseca
Páginas: 318
Sinopse: Skoob
EC&M de Qualidade:

  Comprei esse livro porque ele estava com um preço bom e todas as resenhas sobre os livros eram positivas. Não vi uma negativa, quando comprei, meu pai logo pegou pra ler. Sim, meu pai ultimamente está pegando meus livros. Depois de ler, ele me disse que era um livro lindo, com uma história maravilhosa. Depois de um tempo, peguei para ler. Sim, é incrível! 
  Eu acho que todo mundo conhece a história de Auggie, a "deficiência" que ele tem e das dificuldades que ele passa. Não pretendo falar sobre isso nesta resenha. O livro é divido em partes e cada parte é a visão de um personagem para a história. Conhecemos os sentimentos de todo os integrantes do livro e principalmente de Auggie.

"Se eu encontrasse uma lâmpada mágica e pudesse fazer um desejo, pediria para ter um rosto comum, em que ninguém prestasse atenção. [...] Sabe o que eu acho? A única razão de eu não ser comum é que ninguém além de mim me enxerga dessa forma."

 O que fez o livro se tornar especial para mim é o fato de eu me identificar com a Via. Para quem não sabe, eu tenho dois irmãos. Algo com o sangue dos meus pais não batem e todos os filhos do sexo masculino, nascem com algum tipo de "deficiência". Eu sou a filha mais velha, o Guilherme é o do meio e tem deficiência auditiva - um dos lados ele só ouve 75% e o outro 25% - e o João Victor tem Síndrome Nefrótica - um problema nos rins, que faz com ele esses órgãos trabalhe ao contrario. Com o Gui, nunca tivemos muito cuidado e sempre achamos que ele não ia bem na escola por que era preguiçoso e imperativo. Nossa família sempre falou muito alto então ninguém nunca reparou que ele não ouvia direito. Acho que com 8 anos que a fono dele pediu uma audiometria e descobrimos isso. Foi uma luta para ele aceitar o aparelho. E ele era tão hostilizado na escola por causa disso que sempre se metia em confusão. Já o João Victor - Dom - descobrimos quando ele tinha 02 anos de idade. Ele amanheceu inchado, meus pais levaram no médico e nunca descobriram o problema dele. Meu irmão quase morreu no convenio - por muitas vezes - e um anjo da Santa Casa de São Paulo encaminhou ele para começar o tratamento lá. No inicio foi um choque, hoje estamos mais acostumados, principalmente meu irmão que aprendeu a lidar com as suas limitações. Entenda, o problema dos dois não pode ser visto, só quem conhece que consegue saber que eles sofrem de uma doença crônica ou auditiva.
   Me identifiquei com Via - irmã de Auggie - porque por muito tempo fiz o papel dela. Sempre defendi os dois, sempre me coloquei na frente deles para que nada atingisse os mesmo. Passei muito tempo sem meus pais em casa devido as internações do meu irmão. Meus pais quase não iam nas minhas apresentações, eu tinha que ser uma boa aluna para não dar mais problemas para eles. Não vou dizer que não senti falta da presença deles em alguns momentos, mas também não os culpo por isso.

"Depois que você vê alguém passando por isso, parece loucura reclamar por não ter ganhado o brinquedo que pediu ou porque sua mãe perdeu a peça da escola [...] Então eu me acostumei a não reclamar e a não incomodar meus pais com coisas sem importância."

  Extraordinário mostra o mundo pelos olhos de seus personagens, e nele eu pude perceber como nós muitas vezes somos cruéis. O livro foi um grande puxão de orelha para mim - creio que para muita gente - quantas vezes eu comecei a reclamar de uma coisinha simples, por eu ser extremamente mimada enquanto tem gente que realmente está sofrendo ou com algum problema mais sério? Quando eu ia acompanhar meus pais na Santa Casa, eu pensava "porque tantas crianças sofrendo?" e todas elas estavam sorrindo, felizes da maneira delas. Auggie narra de uma maneira descontraída e leve tudo o que acontece com ele. Já está acostumado com os olhares tortos e com os pré julgamentos. Ele nos ensina a sempre olhar com o coração e ser gentil mesmo quando você não quer ser.

"É engraçado como às vezes nos preocupamos muito com uma coisa e ela acaba não sendo nem um pouco importante."

  O livro deveria ser uma leitura obrigatória, todo mundo precisava ler e compreender a simplicidade e beleza que o livro tem. Sei que a resenha ficou mais pessoal do que o normal. Mas eu me vi em muitos momentos e quis compartilhar (até com a parte da Daisy - cachorrinha da família).

"Vamos criar uma regra de vida... Sempre tentar ser um pouco mais gentil que o necessário."

  Enfim, Extraordinário traz com simplicidade e de maneira leve um tema muito incrível e super bem trabalhado. É extremamente emocionante e uma leitura que você poderá repetir e sem cansar. O livro é tão bom que eu não consegui escolher poucos quotes, nessa resenha eles serão adicionados no final também.

Quotes

"O legal de crianças pequenas é que elas não dizem coisas para tentar magoar você e, mesmo que façam isso, não sabem o que estão falando."

Preceito de setembro do Sr. Browne:
Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil. 


"[...] Esse preceito significa que deveríamos ser lembrados pelas coisas que fazemos. Elas importam mais do que tudo. Mais do que aquilo que dizemos ou do que nossa aparência..."

"[...] O universo cuida das suas criações mais frágeis de formas que não vemos. Como com pais que amam cegamente. E uma irmã mais velha que se sente culpada por ser humana com relação a você. [...] Talvez seja uma loteria, mas o universo deixa tudo certo no final. O universo cuida de todos os seus pássaros."

 "Uma coisa tão simples, a gentileza. Tão simples. Uma palavra de incentivo quando precisamos. Um gesto de amizade. Um sorriso breve."

"TODA PESSOA DEVERIA SER APLAUDIDA DE PÉ PELO MENOS UMA VEZ NA VIDA, PORQUE TODOS NÓS VENCEMOS O MUNDO!"

 Beijinhos e leia Extraordinário,


55 comentários

  1. Ahhh não acrediitooooo, mee empresta pra ler? Já revirei mil livrarias, mil lugares, mil pessoas e não acho esse livro!
    Meu Deus, de tão extraordinário que é o livro, nem acho ele. rsrs
    Mudei o blog ta? Acesse agora em > http://meleveparaparis.blogspot.com.br/
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  2. Oie Ani!
    Ainda não tive a oportunidade de ler esse Livro mas o que sei sobre a história já me deixam bem emocionada, pelo o que vejo nas resenhas esse Livro realmente deveria ser uma leitura obrigatoria, os professores deveriam incentivar os Alunos a lerem Extraordinário! Tenho certeza que esse Livro vai fazer grandes mudanças na forma em que vemos o Mundo, na minha maneira de pensar!!!! Como não mudar depois de ler esse Livro hein!?
    A sua resenha transmitiu todos os seus sentimentos durante a leitura, conseguiu me pegar aqui do outro lado da tela!

    Beijos e até logo! ^^
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Esse livro parece ser MUITO bom mesmo. Minha mãe é professora né, ela viu uma aluna lendo, e correu pra comprar pra ler, hahaha. To só esperando ela terminar de ler, pra assim eu poder lê-lo. Sempre li resenhas muito positivas sobre o livro, e depois da sua, acho que vou falar pra minha mãe agilizar mais a leitura, hahaha.
    Beijos, Carol
    http://www.girlfromoz.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Como você deve ter lido na minha resenha (espero que lembre hahah) também me identifiquei com a Via. Você sabe que eu tenho uma irmã especial e vi no Auggie tudo que minha irmã vive e sente, e como a Via, eu tento protegê-lá. Enfim, um sucesso eternizado!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi minha lindaaa! Tudo bom?
    Extraordinário é de fato extraordinário, derramei lágrimas, dei risadas, fiquei com raiva, com medo, com tristeza, várias emoções durante a leitura, e só de lembrar, fico totalmente arrepiada. Esse é um livro que todos precisão ler, já recomendei ele pra várias pessoas que ainda não leram. Acredita que ainda não consegui fazer a resenha? Empaquei, eu penso e penso e não sei direito como descrever essa história linda e cheia de superação. Lembro quando conversamos sobre essa leitura e parecíamos duas meninas eufóricas por causa disso <3

    Beijos minha linda!
    www.percepcoes.blog.br

    ResponderExcluir
  6. Nossa, realmente a história do livro é bem tocante, e não sabia que podia acorrer isso dos sangues não baterem e todos os homens nascerem com alguma deficiência. Eu te entendo totalmente se identificar com a Via, é o que qualquer pessoa no seu lugar faria!
    Fiquei com muita vontade de ler, pela história mesmo.

    Beijoos Love is Colorful

    ResponderExcluir
  7. Preciso ler esse livro JÁ!
    Vou na livraria comprar haha' Obg por sua resenha linda!

    http://aqueladosviinte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oiii Tudo bem? Confesso que já li o livro e achei a sua resenha muito mais emocionante. Um beijão para você, seus irmãos e seus pais, todos vcs são guerreiros e eu aplaudo de pé;
    Infelizmente não senti a mesma coisa ao ler o livro. Ao contrário da resenha, o livro não me comoveu, não me fez sentir nada :(
    Talvez pq eu estava esperando mt, n sei. E quase abandonei o livro. Mas agora qro ver o filme e ver como serão as coisas.
    O personagem que eu mais me identifiquei foi com o Jack. Qts vezes nós dissemos coisas q n qremos dizer, só p sermos "aceitos"?
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie Any =)

    Eu simplesmente AMO esse livro!
    Tão doce, delicado e emocionante! Conclui a leitura com lágrimas nos olhos *---*

    Beijos e um ótimo final de semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  10. Gostei muito da forma como você escreveu a resenha. Ficou bem pessoal sim, mas cheia de sentimentos. É tão bom quando um livro trás uma lição tão grande como essa. Infelizmente costumamos reclamar de tudo, mesmo não tendo motivos para isso. Ainda não li esse livro, mas pretendo ler ele ainda esse ano.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Nha nha nhaaaaaa
    Vou ler ele o mais rápido que eu puder!!
    Estou presa ainda naquele último do Instrumentos Mortais e tá difícil de acabar viu!
    Mas logo logo quero ler esse ai, acho que vou gostar muito e me emocionar mais ainda!

    Beijo!
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  12. Aaaa, eu quero muito ler esse livro
    Soube que era tão bom :c
    Adorei essa ultima frase

    ResponderExcluir
  13. Esse livro está entre os meus favoritos *-* Todos deveriam lê-lo. Perfeito.

    http://blogquerida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Esse livro é muito fofo, adoro a história e a mensagem dele =D agora quero os 365 dias extraordinários *_*

    http://saidaminhalente.com/

    ResponderExcluir
  15. Já li muitas resenhas deste livro e todas falam bem dele. Depois de tudo que acontece com os seus irmãos, foi fácil entender porque se identificou com o livro. Bjus!

    ResponderExcluir
  16. Que resenha mais linda, Ana! Fiquei emocionada, sem brincadeira. Esse livro é mesmo incrivelmente lindo, eu nem fiz resenha porque sabia que não encontraria palavras pra descrever tudo que senti. E você detalhou fatores tão importantes, como por exemplo pensar que existem sim pessoas desse jeito na vida real, que passam pelas mesmas situações, ou até piores por não terem as mesmas condições e apoio. O que você e seus pais fizeram pelos seus irmãos foi um trabalho imagino que árduo, mas que hoje em dia vale a pena, e eles são felizes muito graças a vocês também né. Problemas na combinação do sangue é sempre um horror né, mas o importante é aprender a lidar com isso, e espero mesmo que tudo continue dando certo pra vocês!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "O presente do meu grande amor", vem ver!

    ResponderExcluir
  17. Oi, Ani!
    Eu já li Extraordinário e realmente é uma história linda e emocionante. Algumas pessoas não costumam levar em consideração o que a pessoa, que muitas vezes é alvo do Bullying, sente e nem pelo que ela passou. Adorei sua resenha e como você falou do seus irmãos.
    Até mais!

    ResponderExcluir
  18. Esse livro merecia estar em todas as bibliotecas do mundo! Até hoje eu me surpreendo com a simplicidade dele e ainda assim com a sua capacidade de transformação! Acho que se um dia eu vir alguém falando mal dele, ia encher a criatura de tapas! rs Beijos!

    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
  19. Sou louca para ler este livro. Só vejo críticas positivas a respeito <3
    Beijos, http://www.blogdoseujeito.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Ani, que linda sua história. O livro deve mesmo ter tocado você e seu pai, por se verem na história. Impossível não se emocionar com o Auggie e não aprender algumas lições!
    Beijos
    Porão da Liesel
    Fan page

    ResponderExcluir
  21. Ani, o livro deveria ser muito mais do que uma leitura obrigatória. Ele é perfeito e emocionante.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 4 ganhadores e você escolhe o livro que deseja ganhar.

    ResponderExcluir
  22. Oi Ana!
    Eu sinto muito pelos seus irmãos, mas confesso que admiro a força deles e a sua para enfrentar as dificuldades e superar os desafios. Quero dizer do fundo do coração: parabéns!
    Quanto ao livro, também me emocionei bastante. Adoro a história do Auggie, como eu te disse... acho que quem enfrenta um desafio deles, deve ser admirado!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Desculpa, tive que seguir curtir a page e fazer um chaveirinho com seu blog. Que resenha IN CRÍ VEL!
    Você traduziu como eu to me sentindo no momento e ainda me fez querer ler esse livro imediatamente. Pena que não vivemos num mundo cheio de mágica que eu posso desejar e ele aparece na minha frente :(
    Bom, voltando ao assunto, eu achei muito legal você por seus sentimentos pra falar do livro. Blog é pessoal mesmo, em maior ou menor grau, mas é sempre pessoal. Ainda mais quando se trata de um livro feito pra abrir os olhinhos teimosos da humanidade.
    Esse preceito de ser gentil apesar de tudo, eu confesso que tento seguir. Tento, pq nem sempre dá, né? Somos todos falhos e imperfeitos.
    Não li Extraordinário ainda, mas eu acho que deve tratar de não ser extraordinário. Como ele disse na quote, ele só é diferente por que todas as pessoas ao seu redor o tratam assim. Ele é uma pessoa como as outras, que luta todos os dias pra viver. Sim, todos merecemos aplausos acalorados! Viver é a coisa mais difícil do mundo. Viver e existir pro bem, mais ainda.
    Eu não sei como dizer, mas só queria deixar claro que você tá de parabéns mesmo... Por favor continue enchendo a blogosfera (alguém ainda usa essa palavra? hehe) com esses textos ótimos.
    Muito, muuuuito sucesso pra você!
    E boa sorte, e melhoras pros teus irmãos :(
    Beijinhos!
    Amanda, do www.expressodenarnia.com

    ResponderExcluir
  24. Realmente muito triste a história com seus irmãos e realmente é para você se identificar com a Via. Que bom que você se identificou com o livro e te tocou tanto assim. Ele realmente é muito bom e tem uma história linda!
    Beijo,
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Já quis ler esse livro várias vezes, mas duas vezes que fui comprá-lo numa livraria, estava em falta. Enfim, ainda não li e assim como você, só vi resenhas positivas. Realmente parece ser uma história com uma mensagem muito bonita para passar. E você tem razão ao ter mencionado na resenha que muitas vezes reclamamos de coisas pequenas, as quais, na verdade, não são reais e sérios problemas.

    aguardandoocamaleao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Oii Ana, tudo bem?
    Eu realmente não sei o que dizer nesse sua linda resenha. Eu amei extraordinário, eu amadureci mais ainda depois dele. Na forma de como o Auggie é forte e tem apenas 10 aninhos. É uma coisa que me emociona bastante. Eu gosto muito desse tema, se eu pudesse eu iria visitar todas as crianças que sofrem por isso. Não que eu tenha algum motivo especifico, mas eu gosto da forma de como, mesmo sofrendo, eles sorriem e enfrentam isso.
    Se fosse eu no seu lugar ou no da Via, eu me sentiria da mesma forma.
    Parabéns pela resenha!
    Beijos!

    http://our-constellations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Todo mundo fala tão bem desse livro e da mensagem dele! Pena que ainda não li, nem tenho :'(
    Já aqui em casa quem lê é a minha mãe, haha.
    Nossa Ani, muito legal como o livro se encaixou na sua vida, a resenha ficou muito linda com o seu toque pessoal.
    Beijos
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Oi!
    Sempre que posso falo bem desse livro lá no blog. Pretendo rele-lo logo.
    Gostei bastante da sua resenha e dos quotes escolhidos. (Esse livro é puro quote, rs.).

    Ta rolando desafio lá no blog. Participe ;)
    http://entreserieselivros.blogspot.com.br/2015/01/desafio-vicio-em-tbr.html

    ResponderExcluir
  29. Olá! Eu achei essa leitura muito massante, não consegui prosseguir com o livro. Tenho que concordar que é uma ótima história e vou procurar dar uma chance para ela no futuro, mas por enquanto tenho medo de recomeçar e achar ele chato de novo e abandonar :/

    Beijinhos,

    Bia - Blog Escrevendo Mundos

    ResponderExcluir
  30. Oi Ani!
    Que resenha linda, ainda mais baseada nas suas experiências pessoais. Extraordinário parece ser daqueles livros bonitos, que ensinam sem soar piegas, sabe? Acho que todo mundo deveria ter um puxão de orelha desses de vez em quando.
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  31. Oi, Ani!
    Extraordinária é um livro simples e incrível. Uma leitura obrigatória para todas as idades.
    E com certeza tem mais "Vias" e 'Auggies" ai pelo mundo que irõ se identificar com essa história linda.
    Adorei a resenha.
    Beijos

    >> Concorra a um vale presente de R$ 50,00 e R$ 20,00 na promoção 2015 da Sorte. Não fique fora dessa!<<
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
  32. Nossa, sua experiência com o livro com certeza foi bem marcante! Também, com toda essa história de vida, com seus irmãos e os problemas que precisam enfrentar e com você os defendendo e abrindo mão de algumas coisas para que eles recebessem o melhor tratamento. E sim, todos nós em algum momento nos pegamos reclamando de algo de que não reclamaríamos se parássemos pra pensar na situação de muitas outras pessoas. É um livro que sempre quis ler, mas agora quero mais.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  33. Me emocionei muito com a história do livro, e também com a de vocês... meus parabéns pela perseverança de vocês, e que tudo dê certo para seus irmãos, e para você também!

    Tem sorteio desse livro lá no blog!
    Beijão, www.opinada.com

    ResponderExcluir
  34. Olá!

    Esta é uma das leituras de minha grande lista e já está bem acima rs.
    Muito legal identificarmos com a história, presenciarmos e sinto muito por tudo que passou.
    Tem um primo beem distante da parte de minha mãe que a familia da esposa dele também tem isso, todos os meninos tem algo, uma "falha genética" digamos assim.
    O mais legal é aprendermos conforme o tempo com a vida, cairmos, reparar o erro e levantar, sempre assim e achei lindo sua opinião e claro, compartilhar um pouco de sua vida pessoal ^^

    Beijos linda, ótima semana!
    De tudo um pouco

    ResponderExcluir
  35. Oi Ana, nossa sabe que quando vejo uma resenha desse livro em bate um arrependimento, hahaha eu tenho o livro a mais de um ano na estante e ainda não li! Sei que será uma leitura incrível mas sei lá de tanto ler coisas sobre ele me parece que ja sei tudo sabe?! Por isso vou deixando. Espero conseguir ler em breve!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  36. Oi, Ani!
    Tenho este livro aqui, mas ainda não o li. Todos comentam quase o mesmo que você, exceto pelo fato de você ter se identificado muito com a história.
    Parece ser realmente um livro marcante e muito belo. Acredito que gostarei muito.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  37. Olá,
    Eu simplesmente amo esse livro, ficou entre minhas melhores leituras de 2014, lembro de ter até chorado e lido quotes memoráveis, uma leitura que deveria ser obrigatória, pra mim foi um tapa na cara.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  38. Oie, Ana Paula!
    Já ouvi falar tanto sobre esse livro. Amo a capa, acho simples e linda! Sou apaixonada pela sinopse também, mas nunca me determinei a ler. Sua resenha mudou essa realidade. Preciso de uma leitura que abra meus olhos para a vida
    Tem post novo aguardando por você no Me Livrando!

    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  39. Tenho esse livro e nunca tive vontade de lê-lo '-' mas agora com essa resenha, me interessei *-*
    emilesantiago.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  40. Ana, UAU, que "resenha".
    Incrível a sua visão e vivência do livro. A gente sempre pensa só na crianças doentes, mas esquecem das "Vias" da vida, que a sua maneira também sofrem.
    Esse livro é realmente sensacional. Mesmo não tendo convivência com ninguém com alguma deficiência, Extraordinário mudou minha vida no sentido de gentileza e parar de reclamar por pouco.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  41. Ani lindona amei sua resenha seu depoimento sobre seus irmãos e mostram o quanto vocês são iluminados sabia, imagino como a leitura mexeu com você. Esse livro está em minha lista preciso correr para ler. Beijos nos irmãos lindões. Confesso que é triste ler como ainda temos essa discriminação. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  42. OI, Ani!
    Poxa... eu já tinha lido várias resenhas desse livro, mas nenhuma me emocionou como a sua.
    Sério, é sensacional quando a historia realmente nos toca assim, mais bacana ainda quando conseguimos nos identificar com os personagens e partes da historia. Fico feliz que a leitura tenha sido tão perfeita pra você. E agora eu realmente preciso ler esse livro. Ás vezes nós realmente somos egoístas, e reclamamos de barriga cheia. Uma grande lição!

    Beijinhos!
    Jaque.

    ResponderExcluir
  43. Olá Ani, esse livro parece ser no minimo incrível, tem uma historia tocante com uma ótima mensagem <3 Espero poder lê-lo em breve.

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  44. Ahhhh, como eu sou apaixonada por esse livro!
    Amo a maneira que a deficiência é explorada neste livro, como podemos ver em diferentes pontos!
    Amei a resenha
    Beijos
    estantedorefugio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  45. Oi Ana,

    Eu tenho esse livro, e ainda não li, coloquei ele na minha lista de livros do I dare you, e esse livro vai ser lat pro fim do ano, não sei se vou conseguir esperar para ler até lá. Bom sua resenha está linda, como todos merecem ler esse livro, todos também devem ler a sua resenha, é tão bom quando conaiguinos noa identificar com o livro de uma maneira tão especial que foi como a sua. Parabéns pela resenha.

    Mayla

    ResponderExcluir
  46. Olá

    Pois é, acho que é uma coisa automática, todo mundo que lê acaba se apaixonado/identificando-se. E é lindo poder conversar com várias pessoas com uma história tão bonita quanto a deste livro. O li logo que fora lançado e pretendo reler mais pra frente, assim que tiver um tempinho. É um dos infanto-juvenis que eu mais gosto.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  47. Oi!
    Esse é um dos meus livros preferidos!! Eu sempre indico ele!
    Quero reler este ano! Adorei a resenha e os quotes selecionados ♥♥♥
    :D
    Beijos,
    www.sacudindoaspalavras.com.br

    ResponderExcluir
  48. Oi Ani, esse livro é um dos meus queridinhos, acho que ele passa uma grande lição e é impossível ler e não se apaixonar. Esse é um livro que eu indico para todos.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  49. Oi Ani

    Eu quero muito ler este livro porque todas as resenhas que leio só ouço elogio. Um livro obrigatório mesmo para todos e vou comprar e ler ainda este ano. Um livro que traz mensagens importantes e que com certeza faz a gente pensar na nossa vida, e que às vezes reclamamos de barriga cheia. Quero muito ler este livro.

    Beijos
    Leitora sempre

    ResponderExcluir
  50. Oi Ani,
    Ah, esse livro é realmente incrível. Ele é um tapa na cara dessa sociedade nojenta em que vivemos. Li várias resenhas sobre ele e concordo contigo, não achei nenhuma negativa. Recentemente, na internet, porém, tenho visto como alguns blogueiros 'que se diziam contra-bullying' são hipócritas e maldosos, pregando exatamente o contrário do que falam em suas resenhas. Esse é um dos melhores livros que eu já li e acho que deveria ser leitura obrigatória. Como seria bom se as pessoas fossem um pouco mais gentis.

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  51. Oi, Ana! Li Extraordinário esse mês e tenho que dizer que me apaixonei pelo livro! Ele é muito tocante e emocionante! Me fez refleti muito e ahhh só tenho a dizer que me apaixonei pelo Auggie, pela Via, pela Summer... enfim, por todas as pessoas (as gentis) que fazem parte da vida do August! Enfim, adorei a resenha!

    PS: Não sabia das deficiências dos seus irmãos... Fiquei preocupado com eles! Como eles estão atualmente? Espero que eles estejam bem!

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  52. Oi Ani!
    Ainda não li "Extraordinário", mas sempre vejo comentários de que é uma leitura linda e inesquecível.
    Que bacana você ter se identificado assim com a irmã do Auggie. As experiências literárias sempre se tornam mais especiais quando nos vemos em seus protagonistas, não é mesmo?
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  53. Olá Ani!
    Primeiramente quero parabenizar pelo layout do blog que está lindo.
    Sobre a resenha vejo muitas críticas positivas sobre ele. Vi que você tem uma história de vida parecida e isso deve ter te emocionado muito. É um temo muito complexo e que faz o leitor pensar.
    Assim que puder vou ler esse livro.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  54. Oi Aninha!

    Ainda não li esse livro, mas pretendo algum dia lê-lo. Fico enrolando super para comprá-lo e isso não é legal. Só vi resenhas positivas, então quero diminuir as minhas expectativas, porque sou meio do contra. E acabo querendo ir contra tudo o que eu ouvi, triste isso. Mas está na lista de desejados (com a capa vermelha). Adorei a resenha!

    Beijos, Rob

    ResponderExcluir

Oi você, que bom que chegou até aqui, não esqueça de deixar um comentário.

- Criticas, duvidas, sugestões são sempre bem vindas!

Obrigada pela visita e volte sempre ;*

Contato: contato@entrechocolatesemusicas.com