Sobre pessoas velhas, coisa de velho e afins


Oi vocês,

   Quem já leu a nossa pagina "Sobre o EC&M", já percebeu que eu quero a participação de todos vocês aqui. Com isso, eu convido alguns amigos para escrever no blog. Com o Quixote (que é o meu namorado e fez um post lindo para mim) foi assim, chamei para fazer uma postagem e ele já tinha a ideia de fazer o #Conheça em forma de vlog, mas adaptou para formato blog e está dando muito certo. 
  Pra quem ainda não sabe, eu sou estudante de jornalismo e a escrita é muito importante nessa profissão, eu ainda estou aprendendo a lidar com ela e é um dos motivos pelo o qual eu criei esse blog. No meio dos 85% dos alunos da minha sala que fazem jornalismo por causa do "jornalismo esportivo" - que eu costumo dizer que são jogadores frustados, não tem chance no futebol e quer escrever sobre - existem pessoas que escrevem sobre todos os outros tipos de assunto, e escrevem muito bem. Então eu convidei meu amigo Lucas De Vivo, para escrever para o blog e dar inicio á nova Coluna do EC&M: Momento do Leitor.




   Quando a autora desse blog me pediu pra que escrevesse um texto (OBRIGAAADO ANAAAAAAA), eu pensei muito sobre o que escrever... Até ouvir a seguinte frase de um colega de trabalho: "NOSSA, você também toma chá agora?" Na boa... vai catar coquinho!

   "Nossa! Você não toma refrigerante?", "Nossa! Você não sai pra a balada?", "Nossa! Você não bebe?" Ouço MUITO isso.
    É absurdo o olhar surpreso das pessoas quando eu digo que tomo chá ao invés de cerveja e prefiro ficar em casa lendo, jogando videogame, matando formigas com a lupa ou o que quer que seja ao invés de sair de casa para uma balada, barzinho ou coisas assim.
     "Ai, como você é velho"... VELHO? Porque velho? Eu gosto de coisas diferentes de você, ou de coisas diferentes das pessoas que tem a minha idade! Prefiro tomar limonada em casa à cerveja no bar; prefiro ir a uma exposição ao sair para ficar em um lugar fechado, escuro, com música alta.
    Talvez você, que está lendo isso agora, tenha passado por várias situações parecidas, quando ninguém entende o fato de você ser diferente e tenta jogar na sua cara que você não aproveita nada e que está velho e faz "coisas de velho".
    FAÇO MESMO!!!! Se quiser me chamar de velho, chame, se quiser dizer que eu não tenho nada a ver com ninguém, diga. Queira ainda fazer o favor de me falar que eu sou idiota. Agradeço por ser assim e isso vem como um elogio =D
    Ninguém para pra pensar em uma coisa... Talvez agora que eu estou fazendo as "coisas de velho", agora que eu não bebo e não saio de casa, eu esteja garantindo que, no futuro, quando as pessoas que me enchem o saco estiverem fazendo as coisas de velho, bebendo chá pois o fígado não aguenta mais álcool, não saindo de casa por acharem que o "tempo delas passou", eu esteja por aí, quem sabe curtindo um barzinho, tomando uma cerveja ou sei lá... Ou talvez eu ainda esteja aqui, bebendo meu chá e lendo meus livros... Afinal, quem disse que existem essas "coisas de velho"?

Por: Lucas De Vivo

E você já passou por alguma situação como essa? Gostou da nova coluna? Quer ter seu texto ou sua opinião publicada aqui? Mande um e-mail para: anilima.gd@gmail.com

Beijinhos,


47 comentários

  1. oi lindona! acabei de conhecer seu blog e adorei seu cantinho! adorei o post, temos msm que assumir nossa personalidade com atitude! boa semana :*

    www.tofucolorido.blogspot.com
    insta: liviaalli

    ResponderExcluir
  2. Menina, eu me deparo com muitos "nossa..." também. Só porque gosto de um estilo de vida melhor. Ótimo texto. Tenha uma semana abençoada, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ah, adorei a nova coluna e o tema. Eu também tenho "espírito velho". Quando adolescente, nunca saía pra balada porque minha mãe não deixava. Casei e achei o máximo sair de casa (e não voltar) às 22h, mas descobri que não gosto dessa vida. Sou casieram, prefiro chamar o povo pra minha sala jogar Uno e Perfil, ver filme, conversar. Tomo Ice Tea, aboli o refri da minha vida. Álcool só vinho ou Ice, muito de vez em quando e em casa. Não gosto de barulho e de montoeira de gente, show onde a gente fica vendo em pé então, nem pensar! rsrsrs Me identifiquei com o Lucas.
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  4. Olá Ana, ótima ideia essa coluna, mas quanto ao texto do Lucas é bem assim mesmo só por que não fazemos algo que todo mundo faz já somos tachados mas viver a vida como pensamos e cremos é o que importa, beijos.

    http://cidocemulher.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Me identifiquei com esse texto,porque eu prefiro mil vezes ficar em casa jogando do que sair nesse frio a noite pra ficar ouvindo música alta e bebendo,coisa que jamais fiz...já fui julgada por isso também,muitas pessoas se surpreendem por eu fazer isso com 20 anos,mas fazer o que? cada um é de uma forma o que nos resta é respeitar.
    Um grande beijox,adorei o texto e estou ansiosa para ver o próximo.
    http://vinteanoos.blogspot.com.br
    xx

    ResponderExcluir
  6. Ahh eu quero seguir jornalismo, mas ainda faltam dois anos haha!
    Gostei muito do texto, por acaso identfico-me bastante com ele, enquanto os meus colegas andam por aí em discotecas e bares a beber (e estou a falar de adolescentes entre os 15 e os 17 XD), eu fico em casa, bom, podia ser pior, pelo menos não ando a beber ou a drogar-me, depois quando falo disso eles ficam muito surpreendidos e dizem que sou estranha, pois então gosto de ser estranha, se fosse igual aos outros não teria piada nenhuma XDDD


    apreguicaeumhobbie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Lucas... casa comigo ?! Hhuahuauhuahuha.

    Sou exatamente assim e penso exatamente assim... adorei o texto.

    Bjo !!

    | O Blog Que Não é Blog |

    ResponderExcluir
  8. Haaa também sou assim!
    As pessoas costumam criticar muito quem não quer se deixar levar pelas coisas mundanas ..mas lá no futuro vão ver que todas as coisas que fazemos tem consequências !
    Um abraço!
    jordanasarkis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Ani, vc faz jornalismo, que legal!
    Essa sua ideia de chamar seus colegas escritores é muito boa, tem muito talento por aí!
    Lucas, seu texto ficou demais! Eu sou velha tbm, tô contigo! hahaha #ireallydontcare
    ;*
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. O pior é que é, qualquer pessoa relativamente jovem que disser que não gosta de balada é tachada dessa forma na maioria das vezes. Mas enfim, gostei bastante do texto, deverias convidar esse seu amigo para escrever mais textos para cá vez ou outra.

    thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Acho que cada um tem o seu tempo para as coisas, se for assim eu também faço muitas coisas de velho, mas também faço muitas cosias de adolescente e não sou nem um e nem outro. O fato é que se cada um apenas cuidasse da sua vida não existiriam esses estereótipos rs. Mas mesmo assim eu nem ligo mais, se preocupar com comentários assim não mudam minha vida, então sou apenas quem sou e quero ser. Adorei a postagem! bjs

    Nail Art Nat

    ResponderExcluir
  12. Muito legal o texto do Lucas, super me identifiquei com ele! :)

    Por ser bem tranquila, nunca gostei muito de balada, sempre preferi programas mais leves... e dane-se quem acha que sou velha, hahaha.

    Beijão!

    Piece of My Heart

    ResponderExcluir
  13. Bacana o texto!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oie Any =)

    Ahhh!! Se eu fosse estudar jornalismo também queria ser jornalista esportiva rs... Ok admito que sou uma esportista frustrada XD

    Eu sou designer de formação, mas eu sempre amei escrever desde de cedo. Não me imagino sem um papel e caneta por perto.

    Gostei da iniciativa ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  15. O Lucas pode até ser idiota e velho. Mas eu gosto dele mesmo assim <3 Quero mais textos loooogo ;)

    ResponderExcluir
  16. Geeeeeeeeeente, amei a coluna! E amei tudo o que li no post.
    Ani, me diz uma coisa, quem é esse ser único? hauah me indentifiquei com tudo que ele disse, adorei mesmo o jeito que ele pensa e o ponto de vista dele.
    Ele daria um ótimo colaborador aqui no blog ein *-*

    Beijoos parceira <3 o blog tá cada vez melhor Paulinha *-*

    Blog: http://cerejamutanteblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Me identifiquei demais com o texto e é nessas horas que vejo que não estou sozinha. Porque esses 'jovens' de hoje acham que nós 'velhos' somos os únicos, os estranhos! hahahaha
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Muito legal essa nova coluna...
    Eu sempre tive vontade de fazer publicidade e algumas matérias tem incomum com o jornalismo...
    O que o Lucas escreveu parece um pouco comigo, quando estava no ensino médio minhas a"amigas achavam um absurdo eu não beber, fumar, ir para balada, xingar... falava tudo que era por causa de eu ser da igreja... Eu não fazia isso pois não gostava, não combinava comigo e eu prefiro beber chá ou um chocolate quente embaixo de uma coberta lendo um livro...

    beijos
    http://amandastale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. caramba!! me identifiquei com o tema!! direto me chamam de velha porque não saio e por (ainda) frequentar uma biblioteca (faço isso desde sempre), enfim, o post e o blog estão de parabéns!

    http://resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Ai que coluna legal, achei o texto bem realista e cômico, é mesmo um saco pessoas que acham que nós precisamos ter nosso estilo de vida parecido para que sejamos feliz, arg!

    Beijo,
    http://booksandflowers.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Olá Ana, adorei essa coluna, sempre é bom conhecer o pensamento das pessoas.
    Concordo com o Lucas e também amo o seu estilo. Também ouço muitas coisas do tipo, mas não ligo. Nunca farei nada para agradar alguém.
    Cada um sabe a melhor maneira de viver.

    Bjim!

    Tammy - Livreando

    ResponderExcluir
  22. Lucas esse povo quer que todo mundo seja igual a eles. Não dê importância pra gente assim. Eu sou o contrário. Sou sempre a criança, aquela não ainda não cresceu, só porque gosto de jogos no computador, parques de diversão, Hello Kitty, enfim as pessoas gostam de criar rótulos para os outros. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  23. Que texto legal rs'
    http://alguem-escreveu-coisas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Muito legal essa nova coluuna!!!
    E eu não acho que isso é ser velho, cada um tem um gosto e devemos respeitá-lo, né?! Afff.. odeio gente chata hahahaha!!!
    Beijos, Té
    www.bloglola.com.br

    ResponderExcluir
  25. Essa gente que julga os outros por não fazerem a mesma coisa que eles me dá enjoo. Sério, vão catar coquinho! Faço programinha de velha sim, durmo pra caramba sim, a vida é minha, BEIJOS POPULAÇÃO


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  26. Eu prefiro mil vezes ficar em casa, lendo, comendo, jogando video game e escrevendo no meu blog, do que festas, baladas e tal. Bem melhor. Vem cá Lucas, me abraça <3
    Beijo,

    marinaalessandra.blogspot.com
    @mariinaale

    ResponderExcluir
  27. Eu sou exatamente assim, nunca fui fã de balada...
    Sempre preferi o aconchego da minha casa, da minha família.

    Ótimo texto, adorei a coluna e dou o maior a poio para que continue sempre.

    Beijinhos
    Jeito de Ser Você

    ResponderExcluir
  28. Amor! vou comentar em anonimo pq não lembro minha senha do gmail --' só tive de tempo de comentar agora... mas como sempre seus textos são fod*s (consideração a Ana que não gosta de palavrão) te amo muito minha vida <3 e é um prazer ser velha com vc ;)

    ResponderExcluir
  29. Adorei a nova coluna... Ai sério, concordo é um saco quando alguém chega e diz que somos velhos só por fazer algo diferente do que todas as pessoas da nossa idade faz. Sim sou do tipo de pessoa que também gosta de tomar chá, que prefere ficar em casa lendo ou jogando, não gosto de ir em lugares com muitas pessoas e principalmente que tenha música alta. E estou muito feliz do jeito que estou e não ligo muito para a opinião dos outros. hahaha E realmente, quem disse que isso é coisa de velho?

    Beijos
    http://www.garotaeseuslivros.com/
    https://www.youtube.com/user/anacrisinah <3

    ResponderExcluir
  30. cmg isso acontece qnd eu digo que nao bebo. as pessoas arregalam os olhos como se fosse a coisa mais bizarra do universo...
    bjs

    Sachê e Bombom

    ResponderExcluir
  31. Acontece quando eu digo que amo ler, que não bebo bebidas alcoolicas e demais coisas, as pessoas costumam dizer que sou um velho no corpo de um jovem.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Primeiramente, a nova coluna está incrível, sério! E muitas das coisas que o Lucas passou, eu sofro tambem! kkk No meio universitario o que mais tem é festinha que se traduzem em pessoas loucas com um copo não mão e só param de beber quando a festa acaba de verdade. Entrei na faculdade esse ano e fiquei meio perdida e de certa forma deslocada porque sei que não sou a unica mas continuo sendo raridade, também não bebo. Meu figado agradece e a minha lucidez tambem. Eu adoro festas e baladas mas uma vez no mes é suficiente, eu canso só de pensar em chegar de madrugada todo fim de semana! Mas com o tempo me acostumei, agora nao to nem ai, deixo que falem porque enquanto eles enchem a cara de cachaça rebolando ate o chão, eu mantenho a minha humilde quase nula reputação comendo brigadeiro de panela e assistindo um bom filme! Desabafeeeeei! kkk
    Beijoos, Ana Carolina
    Simplesglamour.blogspot.com
    Instagram e Twitter: @simplesglamour

    ResponderExcluir
  33. Ei Lucas, seja bem-vindo.
    Já comecei gostando de você de cara, rs.
    Eu também não bebo, não curto balada e sempre que falo isso as pessoas me olham como se eu fosse um alienígena. oO

    Sobre matar formigas com a lupa.. Ainda não tentei. Mas adoro matar mosquitos com aquela raquete que dá choque MUAHHHAHAH!

    Thati;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  34. Adorei o texto, Lucas. Eu já passei e muito por isso heheh. As pessoas não entendem quem não gosta das mesmas coisas que elas. E quer dizer que "velho" não gosta de cerveja? hehehehhe

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  35. Oiii Ani!! Achei fofo demaissss o texto do seu namorado p vc, que lindosssss *----* hahahahaha. Ah e eu te entendo, lá na faculdade a maior parte do povo de jornalismo quer jornalismo esportivo, e olha, SÓ sabem falar disso zzzzzzzz hahaha.

    Lucas descreveu a minha vidaaaaaaaaaaa. É um saco isso, todo mundo vive me julgando por preferir ficar em casa ao invés de sair p me embebedar. Não julgando quem gosta, mas prefiro mil vezes ficar no meu quartinho fazendo as minhas coisas. E as pessoas me tratam como se eu fosse um álien por isso '-' A pior frase é "ah, vc não aproveita a vida". Fala sério! u.u hahahahaha.
    Muito bom o texto Lucas!!!!
    Beijosss

    fantasiand-o.blogspot.com

    ResponderExcluir
  36. Eu não costumo me deparar muito com "Nossaaaa...", mas sim com "Por ques?", as pessoas vivem me perguntando "Por que você lê tanto?" "Por que você escuta/assiste isso? É chato" "Por que você é tão responsável? Você só tem 13 anos". Me seguro muito para não xingar essas pessoas, eu não consigo entender o porque do fato de eu adorar ler, escutar músicas boas, assistir várias séries e ser responsável é tão importante pra vida areia. As pessoas tem que entender que cada um tem seu estilo, e parar de botar defeito em tudo.

    Esqueci de colocar o link para assistir a série no post, como você pediu, aqui está: http://www.seriesvideobb.com/2012/06/assistir-dating-rules-from-my-future.html

    Bjos

    http://emmeumundodiferente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  37. Nossa Lucas, super nos identificamos com o texto, também não bebemos e também preferimos ficar em casa assistindo um filme ou outra coisa a ir em uma balada !!!

    beijos

    http://www.onlyinspirations.blogspot.com.br/2014

    ResponderExcluir
  38. Gostei do texto, ficou ótimoooo! Te compreendo!

    prom-ise

    ResponderExcluir
  39. Me identifiquei bastante com a postagem, sou da turma dos 'jovens velhos'! Gostei da nova coluna, é um ótimo incentivo!

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
  40. Ola!!!! Adorei a coluna, Lucas, você escreveu muito bem!!!!! Eu passo por isso faz um bom tempo, tipo desde a minha adolescência hahahaha Não gosto de beber, não bebo nada, até que agora tomo algumas coisinhas, mas assim, bem esporadicamente, mas enfim, sempre passei por isso, nossaaaa você não bebe?! Como se eu fosse obrigada a isso!!!!! Sobre baladas até fui em algumas, durante um tempo eu gostava, hoje nem tanto, mas as vezes sinto falta de uma, sei lá, tipo eu sou muito estranha kkkkkkkk sério!!!!! Porque eu quero uma coisa e ai quando acontece não quero mais, bom, gosto de balada, mas não gosto de ficar no meio de muita gente, me dá pânico, fui em um show uma vez e tive que ir embora assim que cheguei, porque tinha muita gente e me deu pânico, sei lá o que acontece, na verdade é que sou loca mesmo hahahahaha Mas em muitos momentos é assim mesmo, se você tem uma opinião, ou faz algo diferente o pessoal cai matando em cima, igual urubu na carniça, como se ser diferente fosse algo proibido!!!!!! Ahhhh quando vou em alguma festa, qualquer uma, minhas próprias amigas ficam, nossa mas você não vai beber, tipo eu não quero, mas pra elas é estranho isso, nem refrigerante eu gosto, só tomo quando não tem opção, mas enfim, fazer o que!!!!! bjsss

    ResponderExcluir
  41. Ótimo texto (e ideia de chamar gente pra escrever pra cá).
    Realmente não existe essa de 'coisa de velho', são só gostos diferentes.
    Eu sempre fui meio dividido entre 'coisas de novo' e 'coisas de velho', no mesmo dia fazia Tai Chi Chuan pela manhã, dançava Breakdance de tarde, e de noite ou ia ler um livro, ou ia pro bar com os amigos.

    Beijos,
    Thiago - Blog GentleGeek

    ResponderExcluir
  42. Amei essa sua ideia Ana! PARABÉNS!!! Amei o texto. Cada um é um mundo tem suas preferencias ele expoôs muito bem isso! cla, clap, clap! um super beijo, querida!!!
    www.pgaveta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  43. E nessa hora é q entendo: td q fiz valeu a pena! Hoje, meu filho é "o cara"! E me orgulho do "meu velho"!

    ResponderExcluir

Oi você, que bom que chegou até aqui, não esqueça de deixar um comentário.

- Criticas, duvidas, sugestões são sempre bem vindas!

Obrigada pela visita e volte sempre ;*

Contato: contato@entrechocolatesemusicas.com