Ciclos de amizade


Oi vocês,

[Perdoe meu super post, tente ler please]

   Para quem não sabe eu sou evangélica, mas não ando frequentando a igreja faz um tempo, creio que isso não me faz pior do que ninguém ou menos cristã, acho que Deus não gostaria de alguém na casa Dele sem estar a vontade. Parei de ir por que via muita competição para estar no altar, sendo que deveria ser algo para todos, minha mãe mesmo, sempre chega em casa falando que ouviu as meninas dela falando de algum jovem novo querendo cantar no intitulado “meu altar”, enfim, isso não vem ao caso. A cantora Cristina Mel que tem uma voz linda tem um louvor no seu DVD onde diz “tem amigos mais chegados que um irmão” e eu concordo, mas a vida é meio cruel na hora de nos separar das pessoas.

   Eu divido minha vida em pequenos ciclos, em cada ciclo eu tive alguém a qual eu entreguei minha confiança, se tornaram meus melhores amigos e pessoas as quais eu fazia muitos planos para vida. Sabe aquele negocio de prometer no futuro se encontrar em uma data e conversar sobre tudo o que aconteceu naquele tempo separado? Ou melhor ainda, nunca se separar.
   Só que em cada um desses ciclos a vida vem e coloca outras pessoas no seu caminho e no daquela pessoa e vocês vão meio que se "deixando de lado", porque acaba percebendo que está crescendo e amadurecendo e suas afinidades com aquela pessoa não é mais a mesma, até que um dia vocês não se falam mais, ou quando se fala é para pedir algum favor ou até mesmo desejar um feliz aniversario bem seco e simples.
   Eu não tenho amigos de infância até porque me mudei muito e na ultima rua em que morei era a mais velha, até tinha amizade com as meninas de lá, mas era aquela coisa de brincar de “esconde-esconde”, maquiagem, apresentadora de algum programa ou andar de bicicleta o que não dava muito certo porque eu SEMPRE caia e arranhava algum carro chique da rua :( . Então quando me mudei para o apartamento próprio, o pessoal já estavam todos grandes, inclusive eu, cada um com sua própria vida de paquera e ninguém mais brincava ou ficava na rua.
   Logo eu descobrir a internet e passava mais horas nela do que com as pessoas mesmo. Fiz um monte de amigos virtuais que eram muito mais legais do que as pessoas que conhecia - acho que pelo fato de que na internet temos a oportunidade de escolher pessoas que curtem as mesmas coisas que a gente - passava o dia na frente do PC (me arrependo de não ter lido mais) e quando fui mudando as redes (MSN, Orkut) acabei perdendo contato com alguns, fora os que confundiam as coisas e achavam que tinha alguma chance de ter algo mais sério e eu já bloqueava logo porque né? HAHAHA.
   Daí comecei a trabalhar e não é por nada, mas eu faço amizade muito rápido, muito mesmo, meu pai diz que sou "dada", puxei isso dele CERTEZA. E era engraçado como no trabalho quando você muda de setor as pessoas mudam com você também, percebi que as pessoas com quem mais tinha afinidade na verdade eu não tinha nada parecido e com o tempo fomos nos afastando até um dia não receber nem um bom dia. Daí quando eu finalmente sosseguei em um setor, fiz muitas amizades, e com o passar do tempo você vai percebendo quem é realmente amigo e quem é aquela pessoa pra almoçar em uma segunda-feira. Vamos combinar mulher adora falar mal das outras, eu falo também... Mas quando o negocio passa a ser para prejudicar profissionalmente outra pessoa eu me afasto. Porque não gostaria que fizesse isso comigo. Logo quando sai da empresa em que trabalhava fui percebendo quem realmente vou levar comigo, mesmo que distante.
   Eu sou muito ciumenta, tenho ciúmes de tudo e de todos, assumo esse meu defeito. Não é diferente com minhas amizades, hoje a pessoa que mais conversava comigo, dormia na minha casa, me deu o maior apoio no meu namoro, não fala mais comigo e não é nem porque mudei de empresa e ela também, é porque começou a namorar, pode ser que eu esteja falando besteira, mas não é a primeira vez que acontece e é sempre quando essa pessoa entra em algum relacionamento.
   Vamos lá, porque a galera muda depois que começa a namorar? Muda porque é natural, claro que ela (no geral) vai querer estar mais perto do seu/sua amado/a, é natural, eu também prefiro, mas qual é a dificuldade em manter os dois?  
   Perguntando para meus amigos de Facebook recebi relatos de que alguns deixaram as amizades porque criaram uma bolha, como se só aquela pessoa importava e então acabou deixando os amigos de lado (na verdade a pessoa não disse a ultima parte, mas eu deduzi). Uma outra pessoa disse que uma amiga dela fazia ela escolher entre o namorado e ela (OOOOI??????) e quando descobriu que não conseguiu separar o casal começou a fazer intrigas entre eles (que doença é essa gente?) foi ai que ela perdeu a amiga e o namoro continuou...
   Pra mim não tem essa de “namoro não é pra sempre, amizade sim”, os dois são pra sempre, quem é que namora para separar? Investir em algo sem futuro é burrice, mas não é por isso que se deve excluir os amigos. Amigos de verdade ficam feliz quando o outro está feliz. Claro que no inicio você só vai querer estar do lado da pessoa, mas não se deve excluir os amigos. É doloroso ver que a pessoa te excluiu da vida dela e nem conta mais nada para você. Torço pela felicidade de todos meus amigos, como creio que estes torçam por mim, nunca exclui ninguém da minha vida por causa de namoro e espero nunca fazer isso, pois vejo que não há necessidade (até porque pra quem eu vou reclamar do meu namorado e. HSUAHSUA brincadeirinha <3).
  E sobre a vida acabar separando as pessoas da nossa vida, ela também traz varias novas amizades, como eu disse, nós vamos crescendo, amadurecendo, mudando nossa forma de ver o mundo, e com isso nossos ciclos vão mudando também.

   E você já perdeu algum amigo por causa de namoro? Ou a vida te separou de alguém que gostava muito?


Beijinhos,


39 comentários

  1. Adorei muito bom seu texto ... e bem isso mesmo concordo com voçe .. beijos http://loucaapaixonada22.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Ani, eu sou Cristã, da igreja católica! E uma coisa que eu acho rídiculo é a tipo "competição entre as igrejas! Sério! Mas isso não vem ao caso! rs
    Confesso que não li o post inteiro, só até a metade, mas entendi o seu ponto de vista!
    Olha, antes eu não visitava muito a igreja, não me sentia confortável, sei lá. Mas depois que comecei a ir as missas por vontade própria minha vida mudou, então, independente de religião, não deixe de frequentar a igreja ;)
    Ah, eu não tenho muitos amigos, costumo dizer que meu único amigo é o meu noivo! Mas depois que frequento mais a igreja, estou me interagindo mais com os outros jovens! :)

    Beijoos!

    www.pequenamenina31.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Adoreeei Ana, a vida tira e coloca pessoas em nossas vidas as vezes pelo nosso bem
    Eu conheço vc e seu como vce é uma garota/mulher bem espontânea, alegre e tudo mais, quem gosta dw vc gosta de jeito q vc é e não do jeito que elas querem! Eu te admiro mt e mesmo esses anos longe eu gosto mt de vc !

    Beijos da Cupcup Vila Ré hahaahaha

    ResponderExcluir
  4. Olá Ane eu também sou evangélica e entendo o que vc diz, mas olha devemos seguir a Jesus como seus discípulos e não olhar para o que acontece na igreja por que ninguém é perfeito nesse mundo. As pessoas mudam sim, entram e saia de nossas vidas mas Jesus permanece o mesmo nos amando e chamando vc para casa dele, beijos.

    http://cidocemulher.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi! Me identifiquei com várias coisas que você escreveu!
    Sobre a igreja, eu entendo perfeitamente o que está dizendo. Estou frequentando uma igreja há muito tempo e anseio por participar de verdade, sabe? Quero dizer, fazer parte da membresia, trabalhar bastante... Mas eu não me sinto nada à vontade lá. Não tenho nenhum amigo lá que eu possa confiar e sinto uma enorme competição, muita gente querendo derrubar o próximo, isso me incomoda demais. Então, o que mais tenho me perguntado é - como posso trabalhar em uma igreja na qual não me sinto nada à vontade?

    Sobre o namoro também é verdade! Já perdi amigos que se distanciaram de todos por causa do namoro. Fazer o que, né?

    Beijo, com Deus!
    http://tudo-oquesou.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu era amiga da Ana Valesca prima da melhor amiga da minha irmã. A vida nos tirou ela , ela foi morta com um tiro na cabeça final do ano passado. O melhor amigo do meu noivo também faleceu em um acidente de carro. Temos que aproveitar a vida ao máximo sempre por que Deus dá e tira pessoas que amamos não por raiva , mas para aprendermos que nada é para sempre aqui nesta terra .O Amor é para sempre e essas pessoas que se foram ficarão para sempre em nossos corações. Adorei seu post.
    vem conferir meu novo post
    jordanasarkis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Eu super me identifiquei com vc! Já mudei muito, então tive várias amigas, já me afastei de certas amizades e fui afastada tbm. Mas minha grande verdade é que no fundo no fundo acabei me decepcionando com as pessoas. Tanto aquelas que se diziam amigas quanto namorados que diziam me amar e no fim das contas não era bem isso. Hoje em dia estou muito bem resolvida nesta questão, sei dar mais valor a família do que amigos, pois a família sim é pra vida toda!! Estou em um relacionamento mais maduro que já dura mais de 5 anos. Acho que tudo é um ciclo mesmo, e devemos ter muito cuidado para não se entregar as amizades e acabar prejudicando boa parte de nossas vidas.

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Já até me acostumei em gostar e ter uma verdadeira amizade com alguém e logo em seguida separar e não ser mais aquela amizade.
    Quanto ao ciúme..também sou super ciumenta,o que afetou muito meu casamento no começo.continuo porém bem menos rs
    Aconteceu comigo de não poder mais falar com amigos quando eu casei e como era muito nova,aceitei a imposição do meu marido,hoje não mais,a não ser que prejudique meu casamento de alguma forma.
    Bjim

    http://vitaminafeminina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Vixiii e como,eu já perdi uma amiga q depois q se casou nem lembra mais de mim, e isso é muito triste pq eramos tao apegadas e hoje ela nem lembra mais do meu aniversário acredita?eu já me acostumei com isso,eu percebo hoje q amizade nao é pra sempre,algum dia mais cedo ou mais tarde elas vao te deixar.Bjo!
    www.mulherunika.com

    ResponderExcluir
  10. Essas coisa são muito complicadas, porque é natural que a gente acabe se afastando das pessoas, nossa vida é corrida, muitas vezes no nosso dia a dia não temos tempo nem pra nós mesmo, quem dirá para ver aquele seu amigo da escola que você sempre andava junto e contava todas as suas coisas..
    Acho que quando a amizade realmente é verdadeira você e seu amigo podem até não se falar todos os dias, mas sabem que um é importante para o outro e não ficam se cobrando ou magoados caso vocês não consigam se ver. Isso porque ele te entende e você o entende também e amizade continua mesmo que a distância.
    Isso vale também pra aquela sua amiga que começou um namoro, mulheres principalmente só querem estar com o namorado no começo do namoro, mas a maioria delas para com essa fixação com o passar do tempo.. As que continuam com isso acabam perdendo suas amizades.

    ResponderExcluir
  11. O ato de se ter amigo é bem complicado as vezes, mas gostei de seu ponto de vista, concordei com muitas partes, algumas para ser sincero não. Mas acho fundamental se ter amigos.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Primeiro devo dizer que você escreve muito bem!!!
    E ser amigo não é facil mesmo
    seguindo de volta
    http://surejustnot.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Infelizmente, a vida sempre envolverá idas e vindas nas amizades… Especialmente pelas afinidades. Não concordo que o namoro em si seja o responsável por distanciar pessoas, mas a falta de tempo o é. Se você namora, o pouco tempo que possui livre será usado, provavelmente, para estar com seu namorado. Não que ele seja mais importante do que seus amigos, mas porque você investir em um relacionamento amoroso é diferente de investir em uma amizade. Um amigo [verdadeiro] sempre ficará feliz em vê-lo, mesmo que passe meses. E quando você o encontrar, parece que nem ficaram tanto tempo sem se verem. No namoro, se não houver cultivo diário, a paixão e a construção da cumplicidade que o amor exige acabam sendo danificados.
    Essa é, em parte, minha opinião… :) Eu sou casada, flor. Enquanto namorava, me distanciei dos meus amigos. Saía muito com a família do meu marido e com ele. Depois que casamos, voltamos aos poucos a rever os amigos, sabe? Acho que é um movimento natural, em minha opinião.
    Acho que você está certa em dizer que amizade verdadeira sobrevive. :) Eu tenho 3 grandes melhores amigos. Às vezes, nos vemos a cada 3 meses (haha). Mas sempre estamos ali, à postos quando um precisa do outro.
    Adorei o post.
    Beijos, flor!

    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Amei o post, lindo o texto!
    Beijos
    http://isabellalmeida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Concordo muitíssimo com certas coisas que vc escreveu...
    Já me afastei de muuuitas!
    ótimo texto.
    beijos
    http://cookierobsten.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Nossa super nos identificamos com você!Até hoje não temos amigos, só colegas que passaram pela nossa vida, por que alguns para de manter contato depois que casa ou simplesmente quando um ciclo acaba como escola e faculdade ai amizade também acaba!!

    beijos

    http://www.onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Não me considero uma pessoa ciumenta, mas todos temos defeitos né, e eu sou cheia deles kk Já me afastei de vários amigos, mas porque fui perdendo o contato, já me mudei de cidade três vezes, de escola quatro vezes, então imagina né, por mais que eu continue falando com alguns, não é a mesma coisa, tenho muitos amigos (que hoje estão mais pra conhecidos), não tem como manter o contato diário com todos, e com o tempo a amizade acaba esfriando, natural. Acho ridículo ter ciumes de namoro da amiga, coisa infantil isso, até porque um dia essa amiga ciumenta também vai namorar, casar, ter filhos, e não vai sobrar tanto tempo assim para ficar perdendo com ciuminhos bobos. Eu namoro e considero meu namorado o meu melhor amigo também, não sei porque as pessoas tem essa mania de separar as coisas, achar que namorado é só namorado, e que "amizade que é pra sempre", sendo que nem sempre é, hoje em dia a maioria das amizades são só visando diversão e momentos agradáveis, quando eu fico doente meu namorado me leva no hospital, compra meus remédios, fica ali comigo a noite toda se necessário, já meus amigos, o máximo que fazem é dar uma ligadinha e olhe lá, dai depois tem a cara de pau de reclamar quando as amigas começam a namorar e se afastam? Se a pessoa que reclama é amigo mesmo, dai até ok, mas muitos não chegam nem perto disso. Adorei seu texto, ficou ótimo mesmo!
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir
  18. Também sou do mesmo pensamento que você frequentar ou não a igreja é só um detalhe. Deus se importa mesmo com o que está no nosso coração. A vida não separa, ela simplesmente mostra quem vale a pena ficar aos eu lado. Tenha uma semana abençoada, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oie Ani =)

    Eu sempre falo que lidar com pessoas no geral é alo complicado ... passei por algumas situações semelhantes e sei bem como é.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  20. Oiiii *-*
    Que pensamentos maravilhosos, super concordo.
    Tenho muitos amigos que jurei "pra sempre" e hoje em dia nem se quer mais tenho contato direto, mas eles vão estar "pra sempre" no meu coração.
    Muitos amigos vem e vão no decorrer da nossa vida, é assim mesmo e você definiu isso muito bem.

    http://enquantoestavalendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Eu também sou evangélica. Gostei do seu post, muito bem escrito. Sou também um pouco ciumenta. Ótima semana para você.

    Beijos
    www.heyealaysa.com

    ResponderExcluir
  22. Nossa, já perdi muitas pessoas, mas acho que foi melhor assim. No fim das contas, nunca tive uma amiga de verdade :/


    Beijos
    Sorteio de um calçado da Passarela
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  23. Oie, tudo bem?
    Isso nunca aconteceu comigo, ainda bem! Nunca perdi amigos por causa de namorado e nem nunca fiz isso com ninguém. E enqto a história da igreja, eu acho muito errado as pessoas estarem na igreja e fazendo esse tipo de coisa que não combina com o ambiente competição, inveja... faz sentir menos a vontade!
    beijos

    www.izabellagrimaldi.com

    ResponderExcluir
  24. Já tive amigos que mudaram por causa de namorado/a e fiquei super chateada, porque né, não precisa mudar. Na verdade meus amigos sempre foram "mudando", passando de um pra outro, até que hoje que já estou maior minha vida social está se estabilizando mais! hahahah Agora sim estou tendo amizades de verdade mesmo, que sei que posso confiar! Beijos!
    www.bembipolar.com

    ResponderExcluir
  25. Eu já perdi várias amigas por causa de namorados e tb por causa de outras amizades. Eu não consigo ser assim, mas cada um pensa de um jeito. Mas tem muito namorado que faz as meninas escolherem entre ele e as amigas. Elas escolhem eles e só sobra as lembranças das amigas. Eu prefiro uma amizade. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  26. Não sabia que tinha essa competição de altar :/ Chato isso né?
    Ótimo texto, adorei suas reflexões.
    Beijinhos!
    www.vitaminatrendy.com

    ResponderExcluir
  27. Oieee adorei o post, conheço muita gente assim, eu tenho pouco amigos, na verdade eu tinha poucos amigos, não sei bem, mas de uns tempos pra cá esse ciclo vem aumentando hahahaha quando criança eu era muito, mas muito tímida mesmo, hj já é beeeeemmm diferente, pq quando começo a falar não paro mais kkkkkkk por isso a facilidade de fazer amizades, mas tenho uma amiga/irmã que é desde essa época de infância, temos 20 anos de amizade, nunca nos separamos, ela já casou, fui madrinha do seu casamento (primeira vez) \o/ e tudo ficou intacto, nem sempre estamos juntas, pq cada uma tem sua vida, mas posso dizer q nos falamos com frequência, ou ela vem na minha casa, ou eu vou na dela, é claro q tenho mais amigas, e tbm tento estar junto delas sempre q possível, vc tbm né, não nos conhecemos pessoalmente, mas te adoro :D tive "amigas" q já fizeram complô, vixi uma história longa, mas assim fazer o q, ainda não entendi totalmente o q aconteceu, mas blz, bola pra frente, quando comecei a namorar com o atual <3, teve uma q esta solteira, meio q ela não acreditava q isso ia durar, ela esperava (ou espera) me ver solteira novamente para sair com ela, hj não sinto tanto isso, pq levo essas coisas numa boa, eu deixo bem claro o q quero e ponto, mas no começo tava até deixando o namorado irritado kkkkkk ela se intrometia, e passava do limite, mas fazer o q, não forço a barra, deixo elas livres, se em algum momento não der certo, paciência, magoa, pq não tem q dividir, tem q agregar, se tem espaço para o namorado, tem para as amigas tbm, é algo q deveria pelo menos ser natural, não é tão fácil, mas é como vc disse, se a pessoa tá feliz é o q importa, eu pelo menos sou assim, se elas estão feliz eu tbm estou, mas não é tão fácil, existe uma coisa q se chama ego, as vezes ele fala mais alto!!!!! Mas enfim, o q deve prevalecer ao menos é o respeito de ambas as partes!!!!! Adorei!!!!! bjsss

    ResponderExcluir
  28. nossa, é complicado... mas cada um com sua opnião e temos q respeita-la. Qdo namoramos é complicado manter a amizades... Mas temos q saber medir

    Bjuuuuuuu Umabonecamasnaodeporcelana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  29. Oba! Tem post novo lá no blog, vem conferir
    <3
    Segue que seguimos de volta

    http://estiloecappuccino.blogspot.com.br/2014/06/fiquei-com-seu-numero-sophie-kinsella.html

    ResponderExcluir
  30. Entendo você quando diz a questão de não se sentir à vontade. Já passei por isso, mas graças a Deus essa fase passou. Tente procurar outra igreja, onde vc possa ser vc mesma. Divergências sempre vão aparecer, mas o foco tem que ser sempre Jesus.
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  31. Adorei o post, sério mesmo.
    Eu sempre morei na mesma cidade e praticamente no mesmo bairro. Estudo com as mesmas pessoas desde o jardim. Logo, as poucas amizades que mantenho são as de sempre. Mas eu sou mais íntima das minhas amigas virtuais, duas delas até já conheci pessoalmente. Já perdi meu melhor amigo por um romance, já me afastei de amizades porque sou a única solteira do grupo e não queria ficar de vela sempre. Enfim, a vida tem dessas coisas...
    Parabéns pela sinceridade do texto. Muito bom!
    http://eu-ludmilla.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Isso de amizade é tão tenso. Nunca aconteceu de eu perder amizade por namoro, mas o tempo já me afastou de muita gente que eu queria estar sempre do lado. Sabe aquele tipo de amigo perfeito e você pensa que vai ser sempre assim e no primeiro golpe do destino, na correria, falta de tempo, a amizade passa a ser coleguinha. Isso é bem difícil mesmo :/

    Beijoos, Ana Carolina
    simplesglamour.blogspot.com
    Instagram e Twitter: @simplesglamour

    ResponderExcluir
  33. Nunca aconteceu de perder amizade por namoro , mas já me afastei de algumas pessoas quando comecei a namorar , mas com tempo fui me adaptando!

    Bjs
    http://www.garotadebotas.com

    ResponderExcluir
  34. Também sou evangélica mas frequento a igreja assiduamente. Olho sempre para Cristo, pois se olharmos para os homens, sempre teremos algo mal para falar e quando olham para a gente a mesma coisa. Agora sobre a amizade. Acho que amizade assim como namoro é algo para se cultivar. Tanto um como o outro será para sempre se sempre investirmos neles. Se deixarmos de lado se acaba.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  35. Oii!
    Adorei o post. Me identifiquei com várias partes. Acho que gostei muito quando tu diz sobre os "amigos" da internet. Concordo com tudo.

    beijos.

    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  36. Olá linda.
    Amei o texto.
    Inscrita aqui!
    Bjinhus carinhosos!
    www.meninabymulher.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  37. Puxa, fiquei triste por você não ter amigos de infância!! Eu rolo de rir quando me encontro com as pessoas que me conhecem desde pequena, hehe, já pagamos muito mico na vida.

    Acho que é normal a vida nos separar das pessoas, é o que você disse, a gente muda, as pessoas também, acabamos encontrando pessoas com interesses mais parecidos. E sobre se afastar dos amigos durante um namoro, já aconteceu comigo, e já aconteceu com todas as minhas amigas. Acho que a gente nem percebe direito, na verdade. Mas as amigas de verdade, isso nunca foi problema. Por mais que tenhamos tido fases de nos ver menos, continuamos tão amigas quanto antes.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  38. Eu acho natural essa quebra no ciclo de amizades! A distância, o casamento, tudo nos separa! Dificilmente uma amizade resiste ao tempo.
    Beijos!

    Sociedade do Esmalte

    ResponderExcluir
  39. Oi Ani, ai ai ciclos sao importante neh?
    Puxa eu tb faço amizade fácil as vezes é até rum neh...
    E concordo com vc, nao ir a igreja não nos faz pecador, desde que andemos no caminho de Deus =)

    bjos
    kammy
    Comer, Blogar, Amar

    ResponderExcluir

Oi você, que bom que chegou até aqui, não esqueça de deixar um comentário.

- Criticas, duvidas, sugestões são sempre bem vindas!

Obrigada pela visita e volte sempre ;*

Contato: contato@entrechocolatesemusicas.com