Avalon High - Meg Cabot

Oi vocês,

Finalmente eu consegui ler Avalon High da Meg Cabot. Acho que não preciso dizer o quanto eu sou apaixonada pela escrita dela, né? Pois bem, dei a sorte de encontrar esse exemplar por 10,00 em um sebo perto do meu antigo trabalho, e depois de muito tempo consegui ler.


Título Original: Avalon High
Autora: Meg Cabot
Editora: Record
Páginas: 350
Sinopse: AVALON HIGH pode não ser exatamente o lugar onde Ellie gostaria de estudar, mas até que não é tão ruim assim. Uma escola americana normal, freqüentada pelos mesmos tipos de sempre: Lance, o esportista; Jennifer, a animadora de torcida; e Will, o presidente da turma, jogador talentoso, bom moço... e muito charmoso! 
Mas nem todos em AVALON HIGH são o que parecem ser... nem mesmo Ellie, como ela logo vai descobrir. Depois de um esbarrão durante uma corrida no parque, os destinos de Ellie e Will parecem estar irremediavelmente entrelaçados.  Ela começa a notar uma série de estranhas coincidências entre o seu cotidiano e a lenda do Rei Arthur – nomes similares, triângulos amorosos, sociedades secretas – mas qual seria seu verdadeiro papel nessa história? Como em Camelot, estariam seus novos amigos fadados a um trágico destino? E pior, o que ela pode fazer para impedir que uma profecia milenar se cumpra mais uma vez? Misturando fantasia, história e romance, Meg Cabot acerta mais uma vez. Uma versão inteligente e bem-humorada da lenda arthuriana, Avalon High vai agradar em cheio às fãs da autora de O Diário da princesa.

Vulgo Grace - Margaret Atwood

Oi vocês,

O post de hoje é uma colaboração da Kamila do Resenha e Outras Coisas que além de ler o livro, já está assistindo a série. Confira o que ela achou de Vulgo Grace.

Título Original: Alias Grace
Autora: Margaret Atwood
Páginas: 496
Editora: Rocco
Sinopse: Depois de O conto da aia, que deu origem à prestigiada série The handmaid’s tale e alcançou o status de bestseller mais de 30 anos após a publicação original, outro romance de Margaret Atwood vai ganhar as telas, desta vez pela Netflix, e volta às prateleiras com nova capa pela Rocco. Inspirado num caso real, Vulgo Grace conta a trajetória de Grace Marks, uma criada condenada à prisão perpétua por ter ajudado a assassinar o patrão e a governanta da casa onde trabalhava, na Toronto do século XIX. Com uma narrativa repleta de sutilezas que revelam um pouco da personalidade e do passado da personagem, estimulando o leitor a formar sua própria opinião sobre ela, Atwood guarda as respostas definitivas para o fim. Afinal, o que teria levado Grace Marks a cometer o crime? Ou será que ela estaria sendo vitima de uma injustiça?

Pule, Kim Joo So - Gaby Brandalise

Oi vocês,


Eu conheci a Alba da Increasy durante o lançamento do livro Amor Plus Size, da Larissa Siriani, e desde esse dia mantive contato pois ela é uma mulher maravilhosa demais. No dia do lançamento de Não Me Esqueças, ela me convidou a conhecer o livro da Gaby Brandalise e hoje é sobre ele que vamos conversar.

Título: Pule, Kim Joo So
Autora: Gaby Brandalise
Páginas: 208
Editora: Verus
Sinopse: O que você faria se precisasse escapar da sua própria vida? Uma história inspirada em dramas coreanos.
Marina vive em Curitiba, atormentada pelas agressões do ex-namorado. So vive em Seul, preso a uma culpa da qual não consegue se livrar. Em mundos tão distantes, mas carregando dores parecidas, a história dos dois vai se cruzar e fazer com que eles finalmente tomem o controle da própria vida, encontrando o ponto de virada que sempre buscaram. Pule, Kim Joo So é uma história ágil e original, que vai surpreender e divertir da primeira à última linha.

Virgem - Radhika Sanghani

Oi vocês,

Depois de muito tempo, os lançamentos de agosto da Editora Rocco chegaram aqui em casa (infelizmente os de julho ainda não). Então, hoje vou contar sobre um livro tão incrível e divertido que todo mundo deveria ler.


Título Original: Virgin - 21 years, still a virgin. Four months to turn the tide.
Autora: Radhika Sanghani
Editora: Rocco
Páginas: 288
Sinopse: Ellie Kolstakis tem 21 anos, ótimas amigas, uma boa situação financeira, está terminando a faculdade de Literatura Inglesa e ainda é... virgem. Mas ela está decidida a mudar isso até a sua formatura. Afinal, ela não escolheu esperar até o casamento, muito menos possui restrições religiosas ou está à procura de um príncipe encantado. O fato é que Ellie simplesmente não tem sorte quando o assunto é amor e sexo. Decidida a virar o jogo nos quatro meses que restam até se formar, a jovem divide seu tempo entre o trabalho de conclusão de curso, depilações inusitadas, seu blog, festas, conselhos de amigas e até mesmo tutoriais constrangedores no YouTube, envolvendo-se em situações mirabolantes e, claro, hilárias, da primeira à última página.

Como se casar com um Marquês - Julia Quinn

Oi vocês,

Sabe aquele livro que você não consegue largar de jeito nenhum? Pois bem, Como se casar com um Marquês é assim. Talvez eu tenha me apaixonado pela escrita da dona Quinn. Confira a resenha:


Título Original: How to Marry a Marquis
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 319
Sinopse: Elizabeth Hotchkiss precisa se casar com um homem rico, e bem rápido. Com três irmãos mais novos para sustentar, ela sabe que não lhe resta outra alternativa.
Então, quando encontra o livro Como se casar com um marquês na biblioteca de lady Danbury, para quem trabalha como dama de companhia, ela não pensa duas vezes: coloca o exemplar na bolsa e leva para casa. Incentivada por uma das irmãs, Elizabeth decide encontrar um homem qualquer para praticar as técnicas ensinadas no pequeno manual.
É quando surge James Siddons, marquês de Riverdale e sobrinho de lady Danbury, que o convocou para salvá-la de um chantagista. Para realizar a investigação, ele finge ser outra pessoa. E o primeiro nome na sua lista de suspeitos é justamente... Elizabeth Hotchkiss.
Intrigado pela atraente jovem com o curioso livrinho de regras, James galantemente se oferece para ajudá-la a conseguir um marido, deixando-a praticar as técnicas com ele. Afinal, quanto mais tempo passar na companhia de Elizabeth, mais perto estará de descobrir se ela é culpada. Mas quando o treinamento se torna perfeito demais, James decide que só há uma regra que vale a pena seguir: que Elizabeth se case com seu marquês.